sexta-feira, 11 de junho de 2010

Artigo para solteiros!

Não digito! Eu falo... Eu escuto... Eu vejo! Eu sinto!!!
Eu sinto muito... que você não tenha Webcam!
Carlos Kurare

Artigo para solteiros, afinal amanhã é o dia D! De acordar tarde, tomar banho, puxa estou esquecendo de algo...mas...o quê?

Lembre-se, sempre, que no meu blog, basta clicar nas imagens para vê-las em alta resoluçao. Faça isso quando quiser apreciar os detalhes das fotos ou copiá-las como fundo de tela, ou simplesmente  para  ler os quadrinhos (cegueta!!!).

Este artigo foi escrito por:
Dra. Mariana Santiago de Matos

Falta pouco tempo para o dia dos namorados e você está à beira de um ataque de nervos por ainda estar sozinho(a)? Calma, nem tudo está perdido! Preparei algumas dicas para você aumentar as chances de comemorar essa data tão especial, mas também tão tensa para muitos. Uma ressalva, no entanto, é necessária: o que colocarei aqui são dicas e não fórmulas mágicas de sucesso. São apenas algumas sugestões que podem ajudar, mas que não devem ser seguidas cegamente. O importante é lê-las e adotar as que têm mais a ver com você, com a sua situação e o seu jeito de ser. Dito isso, vamos às dicas!
1) Turbine seus contatos.

Mesmo que você já esteja fazendo contatos, procure fazer mais. Ainda que você já esteja conversando com algumas pessoas, por que não conhecer também outras? Conhecer mais de uma pessoa ao mesmo tempo não tem qualquer problema e permite que você vá conhecendo cada uma delas melhor, identificando afinidades etc. Se você tem andado meio devagar e não tem conversado com muitas pessoas ou não tem enviado muitas mensagens, volte a fazer isso! Lembre-se de que fazer contatos é o primeiro passo para uma história de sucesso.

2) Não generalize.
Tenho lido muitas mensagens em que as pessoas fazem generalizações de todo o tipo, baseadas em experiências frustrantes. "Todos os homens são canalhas" ou "as mulheres não querem nada sério" são queixas que tenho lido com frequência. Estas generalizações costumam atrapalhar mais do que ajudar. A partir do momento em que eu classifico todos os homens ou todas as mulheres de determinada maneira, já penso, a priori, que a próxima pessoa que conhecerei será como a anterior. E isso está longe de ser verdade.

Se tive um relacionamento frustrante no passado, isso não significa que só terei relações assim ao longo da vida. Se alguém me tratou mal, não significa que todos os que virão me tratarão dessa maneira. Portanto, faça o possível para deixar o passado no passado e olhar sempre para frente!

3) Amplie o leque de possibilidades.
Você, que está tendo dificuldades em encontrar "aquela" pessoa, já pensou em fazer uma busca um pouco mais abrangente? Muitas vezes a dificuldade se deve justamente a buscas muito limitantes. Por exemplo, se você deseja se relacionar com um homem com idade entre 35 e 40 anos, por que não buscar pessoas com dois anos a mais e dois anos a menos? Quem sabe há alguém muito especial com 33 ou 41 anos, e que ficaria de fora da sua busca? Assim como com a idade, o mesmo pode ser feito em relação a outras características. Por isso, tente flexibilizar um pouco a busca. Seja rigoroso(a) apenas no que considerar imprescindível!

4) Dê uma chance.
Sabe aquela pessoa que vive tentando fazer contato, a quem você não dá a mínima por achar que vocês não combinam? Por que não dar uma chance a ela? Às vezes pensamos que não combinamos com alguém, e depois descobrimos muitas afinidades. Quantas vezes temos uma impressão inicial de uma pessoa e depois mudamos completamente o que pensamos sobre ela? Se esse "erro" acontece com frequência pessoalmente, imagina em relações que começam pela internet! Por isso, responda àquela pessoa que você nunca respondeu. Converse, marque um encontro. Quem sabe a insistência dela tem algum sentido?

5) Cuidado com a pressa e a ansiedade.
O dia dos namorados está chegando, mas isso não significa que você tenha que estar namorando na data, a qualquer custo. A ansiedade geralmente atrapalha mais dos que ajuda nesses casos. É ela quem nos faz pensar que aquela pessoa que mal conhecemos é perfeita, é tudo o que sempre sonhamos. Por isso, nada de pressa! Caminhe no seu ritmo. Se você está conhecendo alguém, não precisa correr para namorá-la. Curta esse comecinho, conheça o outro e se deixe conhecer! Se você ainda está nos primeiros contatos, nada de desespero! Não precisa falar em namoro logo nas primeiras conversas, pois toda essa pressa pode "assustar" o outro.

6) Não se deixe abater.
Mesmo que você esteja com dificuldades para encontrar alguém, não desanime. É claro que é mais fácil dizer isso estando de fora da situação do que de dentro dela. Mesmo assim, pense que o desânimo não ajuda em nada. Afinal de contas, quem se interessará por uma pessoa desanimada? Tenha sempre em mente que um relacionamento que não deu certo ou um contato que não teve continuidade não eram a última chance. Haverá sempre novas possibilidades, mas desanimado(a) você sequer as verá. Por isso, cabeça erguida sempre!

Espero que essas dicas sejam úteis
e que no dia 12 de junho você possa dizer e ouvir do outro:

"feliz dia dos namorados".

Boa sorte!

Este artigo foi escrito por:
Dra. Mariana Santiago de Matos
Psicóloga
 

Kim Carnes - Bette Davis Eyes


JOANNA(BRASIL) - RECADO ( Meu Namorado)

5 comentários:

ANÔNIMA FASCINADA disse...

Puxa Carlos Kurare,as dicas que você postou foram tiro e queda...Seguindo a dica de quem entende de amor, enviei mais de 100 emails hoje,pois só o que tinha era homens que eu não estava interessada...Pode ser que assim alguém tenha pena de mim e responda!Só não sei o que fazer para conquistar aquele Gato ou/e Coelho que me interessa(ops)...Bjs

Anônimo disse...

Enquanto isso...

"Mais um ano se passou
E nem sequer ouvi falar seu nome, a lua e eu
Caminhando pela estrada
Eu olho em volta e só vejo pegadas
Mas não são as suas eu sei,
Eu sei, eu sei
O vento faz eu lembrar você
As folhas caem mortas como eu
Quando olho no espelho
Estou ficando velho e acabado
Procuro encontrar
não sei onde está você
Você você....
o Vento faz eu lembrar você
As folhas caem mortas como eu...
A lua e eu"
A lua e eu – Cassiano

Clarabela

Carlos Kurare disse...

Fascinada: já criei gatos e coelhos. Aprendi que Gato gosta de leite e coelhos de folhas tenras.
Gato tem unhas retráteis e coelhos são deliciosos com batatas e vinho (eita lá se vão os leitores vegetarianos).

Gise Baratinha disse...

Massssaaa!!!!!!!!!

Carlos Kurare disse...

Gise,

Que bom que gostou! Aproveite e conte para as amigas, o blog anda meio às moscas!
Um abraço!

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...