domingo, 31 de março de 2013

Ismália...

Entendo que coisas ruins acabem, mas quando as boas esvanecem-se
 diante dos meus olhos, sinto um aperto aqui dentro. 
Um aperto de partida! 

Carlos Kurare


Ismália na voz de Carlos Kurare - www.carloskurare.blogspot.com


Ismália

Alphonsus de Guimaraens

Quando Ismália enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar...
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.

No sonho em que se perdeu,
Banhou-se toda em luar...
Queria subir ao céu,
Queria descer ao mar...

E, no desvario seu,
Na torre pôs-se a cantar...
Estava perto do céu,
Estava longe do mar...

E como um anjo pendeu
As asas para voar...
Queria a lua do céu,
Queria a lua do mar...

As asas que Deus lhe deu
Ruflaram de par em par...
Sua alma subiu ao céu,
Seu corpo desceu ao mar...


Dizer adeus não é fácil...




Dizer adeus não é facil... nos fragmenta em centenas de pedaços.

Mas ouvi-lo é pior... nos despedaça em milhões de fragmentos!

Carlos Kurare

Sampa - 22/10/2012 21:26



Por favor, caso use uma de minhas frases, cite a minha autoria

Fico feliz quando as vejo por ai, com meu nome ao final, não me furte este prazer!

Se puder citar o endereço do Blog agradeço mais ainda!!!

Obrigado!

Carlos Kurare 
 

I Will Survive - Tradução com legenda em português do Brasil  




Edith Piaf - Non Je Ne Regrette Rien - Legendado clique aqui para ver o vídeo:

http://youtu.be/SKUlK1ptosU

sábado, 30 de março de 2013

Francamente...

Dica de uma veterinária Franca: Diego é o "bicho"!

Carlos Kurare

Diego Figueiredo no Programa do Jo



bicho:

4. Indivíduo que sabe; sabedor.
5. Pessoa de grande valor ou habilidade.
11. Bras. Indivíduo valente, enérgico, corajoso.
dicionário Aurélio


Diego Figueiredo - India



Diego Figueiredo - Tico Tico ao vivo em Portugal

quinta-feira, 28 de março de 2013

Transformers... cuidado com eles!




As pessoas hipócritas que nos rodeiam e nos bajulam com segundas intenções,
são iguais ao dissimulado sol de inverno:
Iluminam nosso corpo, 
mas não aquecem nossa alma!

Carlos Kurare

Cuidado com os "transformes", aparentam uma coisa, mas são outra!
Ao longo da vida você certamente já viu esse filme!

Carlos Kurare



A propósito, esse cartum do mandrade
lembrou-me outra frase que criei: 

"Que você tenha gente do seu lado, nesta noite! 
Gente... do seu lado de dentro!"
Carlos Kurare







FESTA A FANTASIA UBERABA 2010 - TRANSFORMER



Gilberto Gil " Nos Barracos Da Cidade "


O desenho que ilustra minha frase é do Mandrade. Você encontra mais cartuns do mandrade aqui

quarta-feira, 27 de março de 2013

Chove chuva...

Hoje andei sob a chuva, o frio das generosas gotas:
gelou pele, ossos e articulações, mas... 
aqueceu-me a alma!

Carlos Kurare

Sampa - 27/03/2013 05:05




Comprei o meu primeiro cd do Ladysmith em 1989...
Adoro esta música, a letra é simplesmente complexamente simples! 
A chuva, quando cai bem, lava a alma! Entende?






Rain Rain Beautiful Rain - Ladysmith Black Mambazo

terça-feira, 26 de março de 2013

Transmutação...

Transmutação...

Quando você sentir, que tudo vai mal na sua vida, quando não ver saída de uma situação angustiante, quando não tiver ao seu lado a paz do carinho de uma mão amiga. Lembre-se tudo fica mais sombrio na calada da noite, mas não se desespere, pois é só uma questão de tempo para o sol beijar sua face... na luminosa alvorada de um novo dia!

Tenha fé em você. Acredite em si! Tudo passa! Com o tempo, e com ações positivas, tudo demuda para melhor.

Carlos Kurare

Sampa - 26/03/2013 13:56

Texto sem revisão (Meu terapeuta me aguarda!)





Raul Seixas - Maluco Beleza Clip



Raul seixas- Metamorfose ambulante


Metamorfose Ambulante
Raul Seixas

Prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

Eu quero dizer
Agora, o oposto do que eu disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou

Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor

Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator

É chato chegar
A um objetivo num instante
Eu quero viver
Nessa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou

Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor

Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator

Eu vou lhe desdizer
Aquilo tudo que eu lhe disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante

Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião
Formada sobre tudo

segunda-feira, 25 de março de 2013

Ebaaaaaaa! Assiti este filmaço no domingo!!!



Vamos à guerra pelo sexo! Pelo amor! Pela afinidade!

- Aqui não fazemos guerra de sexos! Guerra entre os sexos, ou sexo entre guerras! Pensando bem... Sexo entre guerras é bom! Portanto: “desdigo agora o que eu disse antes!” E digo: Aqui fazemos sexo que é uma verdadeira guerra! Só não rola sangue o resto: ROLA tudo!
- Aqui! Pelo contrário! Vamos à guerra pelo sexo! Pelo amor! Pela afinidade! ...e por alguém que pague nossas contas!- Ops! Falei demais! Escapou sem querer querendo.  ):o)
- Aqui! Os sexos opostos! Estão dispostos!
- Caramba! Quem não gosta de mulher, educada, intelectualmente refinada, culta e independente, que vá visitar o site: www.mulherehbichobao.com
- Pois, Mulheres são criaturas doces! São sensíveis a Gatos sensíveis! Têm afinidade com eles!
Como está difícil achar mulher refinada! Há muitas mulheres, mas, são todas destiladas! Ouvi dizer que essa escassez também afeta o mundo masculino.   Eu digo, aos freqüentadores deste Blog, sejam eles, homens, mulheres, ou outros.
- Sim! Há casos de comprovados de visitas ao Blog de Aliens, espíritos do bem, e de alguns raros espíritos de porco também!
Eu digo para os que querem acima de tudo! Um pouco de tudo! De tudo um pouco, e nada de nada!
Eu digo: "como pode conviver a luz com a escuridão"?
- Por falar em companhia, lembrei-me do filme "O Feitiço de Áquila" (to doidinho para rever esse filme, sim... eu o tenho aqui, só falta à companhia). Lembra? Quando ele chega, ela se vai! Quando ela chega, é ele que se vai.
Mas sempre andavam lado a lado um fazendo companhia ao outro. Para quem não lembra: eles foram enfeitiçados, de dia ela é um falcão à noite ela transforma-se em mulher, mas ele transmuta-se em lobo. Isso é que é maldição! Não é não?
- É isso! Ao invés de praguejar contra a escuridão vá acender uma vela, cristão! Ou faça como eu, acenda logo uma fogueira!
Para quem não sabe, tenho até pederneira.
Faço fogueira com dois pedaços de madeira!
Com lenha seca, úmida ou lenha de moleira.
Só não acendo cérebro cheio de baboseira.

Você já reparou como há cérebros podres neste reino?

:o)

Os versos são pobres, pois este poeta é um duro!

Texto sem revisão estou cansado demais para fazê-la! Carlos Kurare

Sampa - 25/6/2010 02:23
Vamos rir um pouco?
Rachel Ripani - Garota de Programa - Stand-up comedy
Stand-up comedy é uma expressão em língua inglesa que indica um espectáculo de humor executado por apenas um comediante. O humorista se apresenta geralmente em pé (daí o termo 'stand up'), e na ausência da quarta parede.
Também conhecida como humor de cara limpa, a comédia stand-up privilegia o artista munido apenas do microfone, sem personagem, fantasia ou acessórios. O humorista stand up não conta piadas conhecidas do público (anedotas). É normal que se prepare números com texto original, construído a partir de observações do dia-a-dia e do cotidiano.

sábado, 23 de março de 2013

Foi deus que deu voz ao vento...


Em algum lugar no mundo...

Neste momento, enquanto lágrimas percorrem as maçãs de meu rosto, em algum lugar do mundo, uma criança corre feliz. Ela brinca com folhas que caem de uma árvore ao gargalhar do vento.

Em algum lugar do meu mundo, neste momento, eu sento e deixo minhas tristes lembranças para trás, ao ver o sorriso dessa criança que brinca com o que lhe apraz.

Crianças brincam com tudo, com borboletas coloridas ou não, com gravetos, com insetos de jardim, com areia ou terra. Crianças brincam com a simplicidade da vida e são felizes! Elas não precisam de vídeo games, computadores, celulares ou eletrônicos. Crianças são como condores, ficam felizes só com uma corrente de ar quente. Crianças são criaturas decentes.

Quando vejo um menino esquelético sorrir, não por um prato de comida cara, de um restaurante caro, de uma cidade cara, frequentado por pessoas caras, mas simplesmente pela alegria gratuita de uma brincadeira infantil. Eu digo a mim mesmo: Cara! Olha a cara desse menino! Ele é feliz com tão pouca coisa cara!

Ele é feliz com a vida, e com a beleza que ela nos dá em cada generosa fresta de sol.

Carlos Kurare

São Paulo - 02/02/2013


LISBOA - Foi Deus - Amalia Rodrigues


Foi Deus
Amália Rodrigues

Não sei, não sabe ninguém
Por que canto o fado
Neste tom magoado
De dor e de pranto
E neste tormento
Todo o sofrimento
Eu sinto que a alma
Cá dentro se acalma
Nos versos que canto

Foi deus
Que deu luz aos olhos
Perfumou as rosas
Deu oiro ao sol
E prata ao luar
Foi deus
Que me pôs no peito
Um rosário de penas
Que vou desfiando
E choro a cantar
E pôs as estrelas no céu
E fez o espaço sem fim
Deu o luto as andorinhas
Ai, e deu-me esta voz a mim

Se canto
Não sei o que canto
Misto de ventura
Saudade, ternura
E talvez amor
Mas sei que cantando
Sinto o mesmo quando
Se tem um desgosto
E o pranto no rosto
Nos deixa melhor

Foi deus
Que deu voz ao vento
Luz ao firmamento
E deu o azul às ondas do mar foi deus
Que me pôs no peito
Um rosário de penas
Que vou desfiando
E choro a cantar
Fez poeta o rouxinol
Pôs no campo o alecrim
Deu as flores à primavera
Ai!, e deu-me esta voz a mim.

sexta-feira, 22 de março de 2013

Rama de bilhetes...



Eu gosto de crianças, animais e de plantas, desde que sejam educados, principalmente... 
as plantas!!!

Carlos Kurare

?:0p


Trio Esperança - Rua Ramalhete - Composição: Tavito e Ney Azambuja


Sem querer fui me lembrar
De uma rua e seus ramalhetes,
O amor anotado em bilhetes,
Daquelas tardes.

No muro do Sacré-Coeur,
De uniforme e olhar de rapina,
Nossos bailes no clube da esquina,
Quanta saudade!

Muito prazer, vamos dançar
Que eu vou falar no seu ouvido
Coisas que vão fazer você tremer dentro do vestido,
Vamos deixar tudo rolar;
E o som dos Beatles na vitrola.

Será que algum dia eles vêm aí
Cantar as canções que a gente quer ouvir?

quarta-feira, 20 de março de 2013

Algodão-doce...


A arte, quando é doce, brota como algodão no campo, simples e intensamente... gostosa!
Carlos Kurare

algodão-doce artístico

terça-feira, 19 de março de 2013

Comer bem é uma arte! Então FAÇAMOS arte!


Há algumas receitas para bons relacionamentos. Mas penso que, como toda receita culinária, o que faz um bom prato é o toque artístico de quem o prepara!
Um bom relacionamento, por ser um prato feito a quatro mãos... necessita para o seu preparo, além de boa qualidade dos ingredientes, muita arte dos cozinheiros!

Carlos Kurare

19/03/2013 01:18 Sampa



Para que serve uma relação?

Martha Medeiros

"Lendo a entrevista que o médico e escritor Drauzio Varela deu para a revista Marie Claire, encontrei a definição mais simples e exata sobre o sentido de mantermos uma relação: "uma relação tem que servir para tornar a vida dos dois mais fácil". Vou dar continuidade a esta afirmação porque o assunto é bom e merece ser desenvolvido.

Algumas pessoas mantém relações para se sentirem integradas na sociedade, para provarem a si mesmas que são capazes de ser amadas, para evitar a solidão, por dinheiro ou por preguiça. Todos fadados à frustração.

Uma relação tem que servir para você se sentir 100% à vontade com outra pessoa, à vontade para concordar com ela e discordar dela, para ter sexo sem não-me-toques ou para cair no sono logo após o jantar, pregado.

Uma relação tem que servir para você ter com quem ir ao cinema de mãos dadas, para ter alguém que instale o som novo enquanto você prepara uma omelete, para ter alguém com quem viajar para um país distante, para ter alguém com quem ficar em silêncio sem que nenhum dos dois se incomode com isso.

Uma relação tem que servir para, às vezes, estimular você a se produzir, e, quase sempre, estimular você a ser do jeito que é, de cara lavada e bonita a seu modo.

Uma relação tem que servir para um e outro se sentirem amparados nas suas inquietações, para ensinar a confiar, a respeitar as diferenças que há entre as pessoas, e deve servir para fazer os dois se divertirem demais, mesmo em casa, principalmente em casa. 

Uma relação tem que servir para cobrir as despesas um do outro num momento de aperto, e cobrir as dores um do outro num momento de melancolia, e cobrirem o corpo um do outro quando o cobertor cair. 

Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro no médico, para um perdoar as fraquezas do outro, para um abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois."

Jane & Herondy - Não Se Vá - 1976

sábado, 16 de março de 2013

Idades Afin...

Relações sem afinidades tendem a se desmanchar com as ondas do tempo.
Onde há inúmeras afinidades entre os parceiros, o tempo tende a cristalizar ainda mais essa relação.

Empilhar tijolos afetivos, sem a argamassa da afinidade... não cria uma parede sólida!

As afinidades são a argamassa de uma relação sólida!

Carlos Kurare
Sampa - 16/03/2013 02:17


Chico Buarque - Construção

terça-feira, 12 de março de 2013

O ruidoso silêncio do sorriso infeliz...


Agora me diz...
por que há tristeza
nesse seu sorriso feliz?
Carlos Kurare



O ruidoso silêncio do sorriso infeliz...

The sound of silence - O som do silêncio - (Simon & Garfunkel)



The Sound of Silence - Simon & Garfunkel - Legendado com a dupla bem jovem

sábado, 9 de março de 2013

Não seja um NERDa! Se vai dirigir... não beba!



Beber pode!
Dirigir bêbado não pode! 
Beber pode!
Dirigir bêbado dá bode!
Beber pode!
Dirigir bêbado f***!

Carlos Kurare






Don't Drink and Drive - Jogar bola pode, dirigir não!



Se você for beber não dirija! - If You Drink Don't Drive

Vi este vídeo no Jacaré Banguela


Se você for beber não dirija! - If You Drink Don't Drive


Enviado por miltonneres em 07/12/2011

Para cada motivo que você para dirigir, você muitos outros para não.
Pense a respeito.
O vídeo que você esta vendo faz parte de uma campanha para dirigir com responsabilidade criada pela Australia.

On December 10th 1989 the first TAC commercial went to air. In that year the road toll was 776; by last year 2008 it had fallen to 303.
A five minute retrospective of the road safety campaigns produced by the TAC over the last 20 years has been compiled. The montage features iconic scenes and images from commercials that have helped change they way we drive, all edited to the moving song Everybody Hurts by REM.

This campaign is a chance to revisit some of the images that have been engraved on our memories, remember the many thousands of people who have been affected by road trauma and remind us all that for everyones sake; please, drive safely.
Transport Accident Commission Victoria

sexta-feira, 8 de março de 2013

Eles voltam...




Quanto mais um arco curva-se para uma boa flecha, mais distante ela irá!

Carlos Kurare

Hoje verei meu filho, não o vejo há meses, pois ele estuda em outro estado. 
Seja bem-vindo amigão!!!

Foi agradável ler o texto abaixo e sentir-me arco.


" Vossos filhos não são vossos filhos.
São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor,
mas não vossos pensamentos,
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã,
Que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles,
mas não procureis fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás e não se demora com os
dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são
arremessados como flechas vivas.
O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica
com toda a sua força,
Para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa
alegria:
Pois assim como ele ama a flecha que voa,
Ama também o arco que permanece estável."

Gibran Kahlil Gibran - O Profeta

Recebi o texto acima por email.
Obrigado Márcia ( São Paulo - SP)! 



"O Filho Que Eu Quero Ter" - Toquinho - música: Vinicius de Moraes e Toquinho

segunda-feira, 4 de março de 2013

"Mulher "madura" bonita e carinhosa faz um homem gemer sem sentir dor!"



Neste sábado assisti o show da Amelinha no SESC Pinheiros. O show contou com a participação do fenomenal Fagner e teve também uma canja do grande Zeca Baleiro.

Amelinha estava divina, uma voz maravilhosa, a escolha do repertório não poderia ter sido melhor.
O público presente foi ao delírio com músicas que ficarão para sempre em nosso, "consciente", inconsciente coletivo!
É pena que muitos de nossos jovens não tenham capacidade intelectual e sensibilidade de apreciar o belo. Felizmente há uma pequena parcela dessa geração nova que se permite conhecer o que há de novo e o que há de arte na velha geração. Eu fico feliz quando ouço coisas novas e belas da nova geração. Para mim a lugar para todo mundo neste velho, mas audaz, coração.

Amelinha seu DVD é bem-vindo! Foi uma honra poder gritar "Bravo" em sua apresentação.

Carlos Kurare


Amelinha - Mulher nova bonita e carinhosa música de Zé Ramalho e Otacilio Batista

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...