sexta-feira, 30 de setembro de 2011

300.000

Hoje é o seu dia de Sorte!!!



Olhe na coluna da direita!
Veja o marcador de contagem
Quando ele passar do número 300.000
Por favor, copie a página do Blog e
Envie-a para o email: carloskurare@gmail.com
O leitor que comprovar que acessou a página
com o número do marcador mais próximo de 300 mil ganha os brindes!


Não se preocupe se você é o leitor 300.727, mande assim mesmo, na promoção anterior muita gente dormiu no ponto.
Acredite em sua sorte!!! Salve a página (é só dar um ctrl S) e envie o arquivo para mim! 
Veja os fabulosos Brindes da promoção:
Uma camiseta com uma frase, do Kurare, estampada (dependendo do custo escrevo à mão, com caneta para tecido) + um cartão escrito à mão  cumprimentando a façanha (em papel de pão ou de caderno) + um desenho à mão livre ( em papel branco e o mais importante...limpo!).


Adele - Someone Like You (Legendado)

Cheers... onde todos sabem o seu nome!


Só peço aos amigos que compreendam que nem sempre faço o melhor, na maioria das vezes, só consigo fazer o melhor que posso!
 Sampa - 27/9/2011 04:54
Carlos Kurare

Fábio, meu amigo... essa frase é fruto de uma conversa que tivemos há uma semana!


Cheers - Seriado


Conheça este seriado delicioso:
Cheers - Episode 1 (Legendado PT-BR) - Parte 1
Cheers - Episode 1 (Legendado PT-BR) - Parte 2
Cheers - Episode 1 (Legendado PT-BR) - Parte 3

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Oba! Eu to maluco!!!


Amigas e amigos leitores:  eu e o camelo, na verdade ele é um dromedário, mas como pouca gente sabe a diferença vamos deixar assim: Eu e o camelo daremos um presente especial ao visitante do Blog número 300.000 ou o que chegar mais perto desse número.

Brinde: uma camiseta com uma frase estampada do Kurare
+ um cartão escrito a mão cumprimentando a façanha + um desenho a mão livre (isso é claro se o diretor do presídio permitir tal liberdade).

Eu gostaria de dar dois brindes, mas minha mãe não deixa, ela me disse que quem deveria ganhar um brinde era ela, já que é ela que sustenta este pobre vagabundo.
Bem... será só um! Quando chegarmos aos 400.000 veremos se poderei dar dois!

Confesso que eu não esperava esse número de visitas em um ano e três meses de existência do contador do Google, esperava na verdade, bem mais!  Rsrs! 
Bem... frustrações à parte, obrigado a todos que caíram de pára-quedas neste Blog e principalmente os que “Por Tutatis”!!! Voltaram!!!

Ganha o brinde quem enviar por email uma comprovação (foto, copia do arquivo, Print screen da página ) de que foi o visitante mais próximo do número 300 mil. Muita gente deixa de ganhar por não tentar.

Para tirar um "Print screen" basta clicar em "PrtScn" no seu teclado ir ao Paint e mandar colar, ou de um "ctrl  S"  salve o arquivo e envie-o arquivo para mim.
Dúvidas? Pergunte nos comentários, ou fale com seu sobrinho de dez anos!

Alea Jacta Est !!!


Alea jacta est trata-se de uma frase em latim proferida por Júlio César, supostamente dita ao tomar a decisão de cruzar com suas legiões o rio Rubicão, que delimitava a divisa entre a Gália Cisalpina (Gália deste lado dos alpes que hoje corresponde ao território do norte da Itália) e o território da Itália. Pela lei romana não era permitido as legiões ingressar no território italiano devido a episódios anteriores em que generais romanos como Mário e Sila haviam usado seus exércitos para tomar o poder em Roma. Devido a estes precedentes era proibido a um governador provincial, um Proconsul como Cesar, cruzar com suas legiões a divisa com o território Italiano. O Rio Rubicão demarcava esta divisa entre a Gália, governada por Cesar, e a Itália e ao cruzá-lo Cesar declarava um conflito aberto com o Senado romano e com Pompeu, que se colocava por motivos políticos seu defensor.
 

Paixão é um prato que deve ser servido quente!


Paixão é um prato que deve ser servido quente! 
Amor é um prato que come-se em qualquer temperatura.
Carlos Kurare

Cruzo com muitas pessoas ansiosas e pouco dispostas a investirem no outro, querem uma relação da mesma forma que querem “comida pronta”, pensam em tirá-las do freezer, levá-las ao microondas e,  servi-las. Penso que a relação afetiva exige cuidados de “chef”, desde a escolha criteriosa dos ingredientes até o minucioso preparo do prato. Tudo feito com carinho, atenção e amor.
Sei cozinhar, mas tá cada dia mais difícil achar bons ingredientes e preparar os pratos que sei e gosto de fazer!
?:o(

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

A primavera chegou e meus olhos vêem flores!!!


Apaixonei-me pela pessoa errada, pra ver se dá certo! Cansei-me de dar errado com a pessoa certa!

Carlos Kurare
Sampa - 25/9/2011 13:48

Roberto Ribeiro - Meu Drama - Silas de Oliveira / J. Llarindo


Pra ser Amor - Ricky Vallen.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

"Sei que a vida vai... aprontar!"



Filho Ser!

O filho que um dia fiz
Hoje é quase um homem.
Ele corre sobre brasas
Sem palavras que o domem.

Às vezes o encontro
Num desencontro de brumas
Num sonhar acordado
Ou num jogo de runas!

Perscruto seu ir, pois...
Há angústias no ar!
Pergunto-lhe em sonhos:
Em que terras estais?

Eu o percebo meu filho e o hálito
das suas palavras me apraz
Eu também o chamo querido,
Pois ambos precisamos de paz

Sempre o chamarei querido,
Saiba que orgulho-me de ti!
... Além de amá-lo demais!

"O filho que fiz".
Hoje faz-se por si próprio!

Sampa - 26/9/2011 17:52
Carlos Kurare

Filho... O papai tem orgulho de você, pois sei que serás melhor do que sou!

E sei que vai chorar ao ler estás palavras como eu choro ao escrevê-las.
Saiba querido que eu sempre o amei, mas isso é fácil para mim, afinal sou pai e o amor já veio embutido em meu coração.
Mas a admiração, filho... o respeito que tenho por você? Saiba que foi conquista sua, ao longo dos anos.
Adolescência é complicada, a idade adulta... mais ainda amigão! Rsrs
Um beijo carinhoso!

Papai

Kleiton e Kledir - CORPO E ALMA - letra aqui


O poema feito para meu filho foi inspirado no poema do Drummond

SER
Carlos Drummond de Andrade.

O filho que não fiz
hoje seria homem.
Ele corre na brisa,
sem carne, sem nome.

Às vezes o encontro
num encontro de nuvem.
Apóia em meu ombro
seu ombro nenhum.

Interrogo meu filho,
objeto de ar:
em que gruta ou concha
quedas abstrato?

Lá onde eu jazia,
responde-me o hálito,
não me percebeste
contudo chamava-te

como ainda te chamo
(além, além do amor)
onde nada, tudo
aspira a criar-se.

O filho que não fiz
faz-se por si mesmo.

Peguei aqui


Espelho - João Nogueira - letra aqui


O Filho Que Eu Quero Ter - TOQUINHO - De: Vinicius de Moraes e Toquinho - letra aqui


Dorme, felipinho...dorme bonitinho!
"Dorme que a vida já vem
Teu pai está muito cansado
De tanta dor que ele tem"
Vinícius de Moraes

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

VerDE Novo: Mim... ti! (Postado originalmente em 08/02/11)



Li a piada abaixo e ri muito, lembrei-me de "mim/ti"!

A lembrança que vem, não é a do fato de eu não aparentar a idade que tenho. Rsrs. É que muitas vezes, somos precipitados em julgar o outro! Precipitamo-nos ao achar que tudo sabemos sobre o outro! Quando na verdade só sabemos realmente o que o outro nos permite saber! Muitas vezes somos soberbos em nossas análises prematuras, seja pela pressa da vida moderna, seja pela ditadura de nossa postura.

Há pessoas confinadas em torres de marfim, tão atreladas a seu mundo cheio de vazio, que não entendem que não é o outro que não chega até elas, mas... elas que não permitem serem visitadas pelo outro. 

É como você viver dentro do Júpiter II com o campo de força ligado, talvez os alienígenas não entrem, mas você também não sai! Há pessoas que ao longo da vida não ouvem um ET amo!  Pois não tem ouvidos para ouvir estrelas como o S.E.T.I. 

Aprendo muito sobre relações humanas, vejo que minha visão pessimista sobre o ser doentio que é o homem é correta. Pois o homem não são as criaturas que me cercam. O Homem é a criatura que cerca o próprio Homem. A história nos mostra isso, o ambiente no qual vivemos, nos mostra isso. A maioria de nós, como espécie, não está nem ai para o outro, queremos apenas usar o outro e fazemos isso com maestria predatória! Somos nas palavras do zoólogo Desmond Morris: “Macacos Nus”! E não ficamos em Choque com o Futuro, pois como praga, nos adaptamos a todas as mudanças.  
Somos os organismos mais adaptáveis da face obscura da terra! O "barato" é a espécie humana ser a barata metamorfoseada do porvir!   

Mas há esperanças, temos que acreditar que haverá esperança... mesmo que não a vejamos, em nossos dias, muito claramente à noite.

Não creia que a humanidade é o que vê à sua volta, a humanidade está lá fora!  O rei está nu e não nos vemos!
Carlos Kurare


Texto curto, pois curto o texto... e postar diariamente exige tempo, corpo e mente.
8/2/2011 06:36
Carlos Kurare

Livros recomendados: 1.O macaco Nu – Desmond Morris 2.O choque do Futuro – Alvin Tofler 3. Contato – Carl Sagan 4. Metamorfose - Franz Kafka (li esses livros há décadas, e não me culpo por isso! rsrs)
Filme: Contato veja sinopse do filme aqui: http://filmeedownload.blogspot.com/2009/03/contato-1997.html
Júpiter II: Nave da série Perdidos no Espaço

Postura:
  Fig. Ponto de vista; maneira de pensar e agir; atitude: a postura liberal daquele político. (Dic. Aurélio)


A Piada:

"O Seu Antônio, aproveitando a viagem a Belzonte, foi ao médico fazer um "xecápi".

Pergunta o médico.
- Sr. Antônio, o senhor está em muito boa forma para 40 anos.
- E eu disse ter 40 anos?
- Quantos anos o senhor tem?
- Fiz 57 em maio que passou.
- Puxa! E quantos anos tinha seu pai quando morreu?
- E eu disse que meu pai morreu?
- Oh, desculpe! Quantos anos tem seu pai?
- O véio tem 81.
- 81? Que bom! E quantos anos tinha seu avô quando morreu?
- E eu disse que ele morreu?
- Sinto muito. E quantos anos ele tem?
- 103, e anda de bicicleta até hoje.
- Fico feliz em saber. E seu bisavô? Morreu de quê?
- E eu disse que ele tinha morrido? Ele está com 124 e vai casar na semana que vem.
- Agora já é demais! - Diz o médico revoltado. - Por que um homem de 124 anos iria querer casar?
- E eu disse que ele QUERIA se casar?
- Queria nada, ele engravidou a moça!"

Rebebi a piada da Mary Dentist por email.


Cada um na sua... na minha não!

Quero deixar claro, que não tenho preconceito algum quanto a sexualidade dos seres humanos, mas não tenho o menor interesse em saber da vida sexual de homens com homens, mulheres com mulheres e a do meu pai com minha mãe. Isso é privado e pronto! Digo: Ponto!
?:0)

Contemporâneos - O Recepcionista "Rerisson Ford"


A DESPEDIDA DO PADRE

No jantar de despedida, depois de 25 anos de trabalho à frente da paróquia, o padre discursa:
- A primeira impressão que tive desta paróquia foi com a primeira confissão que ouvi. A pessoa confessou ter roubado um aparelho de TV, dinheiro dos seus pais, a empresa onde trabalhava, além de ter aventuras amorosas com as esposas dos amigos. Também se dedicava ao tráfico de drogas e havia transmitido uma doença venérea à própria irmã. Fiquei assustadíssimo. Com o passar do tempo, entretanto, conheci uma paróquia cheia de gente responsável, com valores, comprometida com sua fé.
Atrasado, chegou então o prefeito para prestar uma homenagem ao padre. Pediu desculpas pelo atraso e começou o discurso:
- Nunca vou esquecer o dia em que o padre chegou à nossa paróquia. Como poderia? Tive a honra de ser o primeiro a me confessar.

Seguiu-se um silêncio assustador.

MORAL DA HISTÓRIA: Nunca se atrase.
Mas quando se atrasar, fique de boca fechada
Piada genial enviada pela querida leitora e comentarista Isabel Alvarenga que generosamente acompanha este blog há mais de um ano! Visite o blog dela aqui.

domingo, 25 de setembro de 2011

Biodiversidade...

Esta árvore generosamente oferece abrigo para uma infinidade de biodiversidades foto by carlos kurare 

Precisamos olhar com atenção para ver que, muitas vezes, há mais vida numa árvore morta do que numa viva!
Carlos Kurare


Elis Regina - Tatuagem - Chico Buarque


"Nessa época mais individualistas, os elos amorosos intensos só acontecem entre os que têm entre suas afinidades o respeito pelas diferenças!"




Elis Regina & Tom Jobim - Só Tinha De Ser Com Você

Para pensar...ou não!

O texto abaixo foi-me enviado gentilmente por Andréa (CE).

ASNO

No Curso de Medicina, o professor se dirige ao aluno e pergunta:

- Quantos rins nós temos?

- Quatro! Responde o aluno.

- Quatro? Replica o professor, arrogante, daqueles que sentem prazer em tripudiar sobre os erros dos alunos..

- Tragam um feixe de capim, pois temos um asno na sala. Ordena o professor a seu auxiliar.

- E para mim um cafezinho! Replicou o aluno ao auxiliar do mestre.

O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala. O aluno era Aparício Torelly Aporelly (1895-1971), o 'Barão de Itararé'. Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre:

- O senhor me perguntou quantos rins 'NÓS TEMOS'. 'NÓS' temos quatro: dois meus e dois seus. 'NÓS' é uma expressão usada para o plural. Tenha um bom apetite e delicie-se com o capim.

Moral da História:
A VIDA EXIGE MUITO MAIS COMPREENSÃO DO QUE CONHECIMENTO.
E haja capim!!!


A ROUPA FAZ A DIFERENÇA?

Sem maiores preocupações com o vestir, o médico conversava descontraído com o enfermeiro e o motorista da ambulância, quando uma senhora elegante chega e de forma ríspida, pergunta:

- Vocês sabem onde está o médico do hospital?

Com tranqüilidade o médico respondeu:

- Boa tarde, senhora! Em que posso ser útil?

Ríspida, retorquiu:

- Será que o senhor é surdo? Não ouviu que estou procurando pelo médico?

Mantendo-se calmo, contestou:

- Boa tarde, senhora! O médico sou eu, em que posso ajudá-la ?!?!

- Como?!?! O senhor?!?! Com essa roupa?!?!...

- Ah, Senhora! Desculpe-me! Pensei que a senhora estivesse procurando um médico e não uma vestimenta....

- Oh! Desculpe doutor! Boa tarde! É que... Vestido assim, o senhor nem parece um médico...

- Veja bem as coisas como são... - disse o médico -... as vestes parecem não dizer muitas coisas, pois quando a vi chegando, tão bem vestida, tão elegante, pensei que a senhora fosse sorrir educadamente para todos e depois daria um simpaticíssimo "boa tarde!"; como se vê, as roupas nem sempre dizem muito....

Moral da História:
UM DOS MAIS BELOS TRAJES DA ALMA É A EDUCAÇÃO

Um mecânico está desmontando o cabeçote de uma moto, quando ele vê na oficina um cirurgião cardiologista muito conhecido. Ele está olhando o mecânico trabalhar. Então o mecânico pára e pergunta:

- 'Ei, doutor, posso lhe fazer uma pergunta?'

O cirurgião, um tanto surpreso, concorda e vai até a moto na qual o mecânico está trabalhando. O mecânico se levanta e começa:


- “Doutor, olhe este motor. Eu abro seu coração, tiro válvulas, conserto-as, ponho-as de volta e fecho novamente, e, quando eu termino, ele volta a trabalhar como se fosse novo. Como é então, que eu ganho tão pouco e o senhor tanto, quando nosso trabalho é praticamente o mesmo?”

Então o cirurgião dá um sorriso, se inclina e fala bem baixinho para o mecânico:

- 'Você já tentou fazer como eu faço, com o motor funcionando?'

Conclusão:

“QUANDO A GENTE PENSA QUE SABE TODAS AS RESPOSTAS, VEM A VIDA E MUDA TODAS AS PERGUNTAS.”


Entra um senhor desesperado na farmácia e grita:

- Rápido, me dê algo para a diarréia! Urgente!

O dono da farmácia, que era novo no negócio, fica muito nervoso e lhe dá o remédio errado: um remédio para nervos. O senhor, com muita pressa, pega o remédio e vai embora.

Horas depois, chega novamente o senhor que estava com diarréia e o farmacêutico lhe diz:

- Mil desculpas senhor. Creio que por engano lhe dei um medicamento para os nervos, ao invés de algum remédio para diarréia. Como o senhor está se sentindo?

O senhor responde:

- Cagado... mas tô tranquilo.

Moral da História:

"POR MAIS DESESPERADORA QUE SEJA A SITUAÇÃO, SE ESTIVER CALMO, AS COISAS SERÃO VISTAS DE OUTRA MANEIRA".

O sujeito vai ao psiquiatra

- Doutor - diz ele - estou com um problema: Toda vez que estou na cama, acho que tem alguém embaixo. Aí eu vou embaixo da cama e acho que tem alguém em cima. Pra baixo, pra cima, pra baixo, pra cima. Estou ficando maluco!

- Deixe-me tratar de você durante dois anos, diz o psiquiatra. Venha três vezes por semana, e eu curo este problema.

- E quanto o senhor cobra? - pergunta o paciente.

- R$ 120,00 por sessão - responde o psiquiatra.

- Bem, eu vou pensar - conclui o sujeito.

Passados seis meses, eles se encontram na rua.

- Por que você não me procurou mais? - Pergunta o psiquiatra.

- A 120 paus a consulta, três vezes por semana, durante dois anos, ia ficar caro demais, ai um sujeito num bar me curou por 10 reais.

- Ah é? Como? Pergunta o psiquiatra.

O sujeito responde:

- Por R$ 10 ,00 ele cortou os pés da cama...

Moral da História:

HÁ UMA GRANDE DIFERENÇA ENTRE FOCO NO PROBLEMA E FOCO NA SOLUÇÃO.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

"Eu sou eu e minhas circunstâncias" Ortega Y Gasset

O texto abaixo foi-me enviado por email por Andréa (Ceará). Achei-o genial. Particularmente lembrou-me a teoria do Caos!

"O Que é um "Loop?

Para quem não conhece o conceito de LOOP,trata-se de uma terminologia usada por estudiosos de informática para definir uma confusão criada e que não possui uma explicação concreta para solução do problema...
Tentarei explicar em poucas palavras essa terminologia:
Diz-se que um programa de computação "entrou em loop" quando acontece algo como:
O diretor chama sua secretária e diz:
- Senhorita Vanessa:
Tenho um seminário na Argentina por uma semana.
Quero que você me acompanhe.
Por favor, faça os preparativos da viagem...

A secretária liga para seu marido:
- Alô, João!
Vou viajar para o exterior com o diretor por uma semana.
Cuide-se meu querido!

O marido liga para sua amante:
- Eleonora, meu amor.
A bruxa vai viajar para o exterior por uma semana.
Minha Princesa, vamos passar toda semana juntos! ....

No momento seguinte, a amante liga para omenino para quem dá aulas particulares:
- Joãozinho, estou com muito trabalho esta semana.
Não poderei dar aulas ....

A criança liga para seu avô:
- Vovô, esta semana minha professora estará muito ocupada.
Não terei aulas!
Vamos passar a semana juntos?

O avô que é o Diretor do primeiro diálogo acima nesta história, chama imediatamente a Secretária:
Senhorita Vanessa venha rápido:
Suspenda a viagem!
Vou passar a semana com meu netinho, que não vejo há um ano.
Não vamos participar do seminário.
Cancele a viagem e o hotel.

A secretária liga para seu marido:
- Ai amorzinho!
O babaca do Diretor mudou de idéia.
Acabou de cancelar a viagem.

O marido liga para sua amante:
- Amorzinho desculpe!
Não podemos mais passar a semana juntinhos!
A viagem da mocréia da minha mulher foi cancelada.

A amante liga para o menino a quem dá aulas particulares:
- Joãozinho houve alteração nos planos:
Esta semana teremos aulas como de costume.

A criança liga para o avô:
- Puta merda vovô!
A véia da minha professora me disse que terei aulas.
Desculpe, não poderemos ficar juntos esta semana.

Seu avô chama a Secretária:
- Senhorita Vanessa:
Meu neto acabou de me ligar.
Não poderá mais ficar comigo essa semana, porque terá aulas.
Portanto, dê prosseguimento à viagem para o Seminário.
t
Entendeu agora o que é um LOOP ????"
Desconheço a autoria

Teoria do caos
A Teoria do Caos para a física e a matemática é a hipótese que explica o funcionamento de sistemas complexos e dinâmicos. Em sistemas dinâmicos complexos, determinados resultados podem ser "instáveis" no que diz respeito à evolução temporal como função de seus parâmetros e variáveis. Isso significa que certos resultados determinados são causados pela ação e a interação de elementos de forma praticamente aleatória. Para entender o que isso significa, basta pegar um exemplo na natureza, onde esses sistemas são comuns. A formação de uma nuvem no céu, por exemplo, pode ser desencadeada e se desenvolver com base em centenas de fatores que podem ser o calor, o frio, a evaporação da água, os ventos, o clima, condições do Sol, os eventos sobre a superfície e inúmeros outros.
Wikipedia Português - A enciclopédia livre

domingo, 18 de setembro de 2011

Face a Face...

Dispa-se de suas mentiras para que eu possa cobrir-lhe com minhas
verdades!
Carlos Kurare


Você precisa sair do Facebook

domingo, 11 de setembro de 2011

Sentimos saudade...não do que perdemos ...mas do que nos faz falta!

"Comecei a perceber que talvez esteja perdido."

Sentimos saudade... Não do que perdemos ...mas do que nos faz falta!
Sampa 13/11/2010 06:36 Carlos Kurare 






JESSE - VOA LIBERDADE
Clique aqui para ouvir esse gigante albatroz da voz, que neste momento voa numa longa migração.

domingo, 4 de setembro de 2011

Fechado pra balançar...


...ou não!

Cai muitas vezes... levantei-me muitas vezes... e sempre sacudi a poeira...
mas hoje ao sacudi-la, múmia que sou, desintegrei-me!
Carlos Kurare



Volto no final do mês de setembro, com novidades... ou não!
Brasília marços de 2011
Tá,tá,tá!!! Com algumas novidades sim! Talvez mais poesias gravadas, talvez mais textos, talvez mais frases. Se você me enviar um email dizendo o que quer ver aqui no Blog, me ajudará muito na reformulação do Blog.
Bem vou lhe contar uma coisa à boca pequena, eu criei outro Blog e preciso me decidir a qual dos dois vou dar minha atenção, sei que não dá para cuidar dos dois com o mesmo carinho. E como a minha vida toda fui monógamo, não sei dividir-me no amor.
Banheiro setembro de 2010
Quero lhe dizer que é muito prazeroso o convívio com você aqui no Blog. O blog, graças as suas visitas, em um ano teve 270 mil visitas, 2.400 comentários, 227 seguidores e meia dúzia de emails. ?:o)
Não quero perder o contato com você e estou avaliando qual rumo tomar.
Um beijo carinhoso pra você menina, um abraço apertado pra você menino.





ARQUIVOS DO BLOG


Carlos Kurare

 CURARE - Maria Bethania - música de Bororó


Se sentir saudades... me avise!

Frank Sinatra - That's Life

Tradução da letra aqui. Caso saiba de uma tradução melhor, me conte!

MARCADORES - Clique e vá direto ao assunto!






Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...