quarta-feira, 30 de abril de 2014

Flexibilização do horário da Voz do Brasil!!!





Por que é importante a flexibilização do horário da Voz do Brasil?

"Porque é uma necessidade.
A Voz do Brasil foi criada em 1935. De lá para cá, o mundo mudou e a necessidade de informação aumentou. Hoje, às 19 horas, o brasileiro precisa saber como está o trânsito para voltar para casa, precisa ouvir músicas para descansar de um dia intenso de trabalho e precisa saber o que está acontecendo na sua cidade em tempo real. Isso passou a ser uma necessidade.
Porque a hora é agora.
Com a aproximação da Copa do Mundo, surge mais uma necessidade, pois mais de 1/3 dos jogos acontece às 19 horas e o rádio não vai poder transmitir. Também não vai poder cumprir seu papel social de informar sobre o trânsito e as manifestações nas redondezas dos estádios. A flexibilização já foi aprovada no Senado, mas falta ser aprovada pela Câmara*, onde muitos deputados não enxergaram ainda os benefícios em flexibilizar o horário de transmissão do programa entre 19h e 22h.

Primeiro para a população, garantindo a liberdade de escolha do ouvinte, que poderá escolher entre as 19hs e 22hs para escutar a Voz do Brasil. Em segundo lugar para o setor de comunicação,  ampliando-se o espaço para comunicadores, humoristas, artistas, jornalistas e uma infinidade de profissionais.  Concluindo, quem mais ganha é a sociedade brasileira.


..."se você não quer deixar de ouvir a transmissão de mais de 1/3 dos jogos da Copa que acontecerão às 19h e quer mais informação de trânsito, música e entretenimento nesse horário, a voz do seu deputado precisa falar por você. Essa é a hora! O Brasil quer a flexibilização do horário da Voz do Brasil votada e aprovada. Participe do abaixo-assinado e solte a sua voz!"
Para assinar ou saber mais a respeito clique aqui:  http://www.avozqueeuqueroouvir.com.br

PT bloqueia votação para flexibilizar 'Voz do Brasil'

DENISE MADUEÑO - Agência Estado (26 de junho de 2012)
O PT bloqueou a votação do projeto que flexibiliza o horário de veiculação da "Voz do Brasil" nesta semana. O líder do PT, Jilmar Tatto (SP), foi contra a inclusão da proposta na pauta de votações elaborada em reunião de líderes partidários com o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS). O líder argumentou que a flexibilização é uma tentativa de acabar com o programa. Ele argumentou, na reunião, que a Voz do Brasil faz parte da identidade nacional. 


"O povo está ouvindo (a Voz do Brasil). Quem não quer ouvir, coloca um CD. Pobre gosta de ouvir", argumentou Tatto. "Tem cidade que para na hora da Voz do Brasil", continuou. Segundo Tatto, são 18 milhões de pessoas que ouvem o programa de veiculação obrigatória às 19horas. "(As emissoras) Querem o horário nobre para ganhar dinheiro com publicidade. As empresas têm concessão e podem ceder esse horário", disse. O líder petista afirmou ser contra a flexibilização do horário e marcou uma reunião da bancada petista na próxima terça-feira para definir a posição do partido.

A votação do projeto foi anunciada por Maia na semana passada, com o apoio de outros líderes. "A Voz do Brasil, dessa forma, é um resquício da ditadura. O PSDB apoia a flexibilização da Voz do Brasil. A flexibilização é salutar e democratiza a oportunidade do ouvinte escolher sua programação", disse o líder do PSDB, Bruno Araújo (PE).
A projeto estabelece que as emissoras poderão exibir o programa com início entre 19 horas e 22 horas. Produzida pela Empresa Brasileira de Comunicação, a Voz do Brasil existe desde a década de1930 e veicula notícias institucionais dos três Poderes.

As cores do mundo...



Há muita gente de talento,
muitas vezes só e ao relento,
neste mundo desatento!
Carlos Kurare

Stand By Me | Playing For Change | Song Around the World

Este vídeo foi visto mais de 61 milhões de vezes...


Ben E. King - Stand By Me - Legendado

O original: Ben E. King canta: Stand By Me em 1961.



"After 3 years, 31 countries, 185 musicians, and a whole lot of love, we are releasing our NEW ALBUM, PFC3 "Songs Around The World" on June 17, 2014!!

- From the award-winning documentary, "Playing For Change: Peace Through Music", comes the first of many "songs around the world" being released. Featured is a cover of the Ben E. King classic by musicians around the world adding their part to the song as it travelled the globe.

Order the CD/DVD Playing For Change Songs Around The World" at http://playingforchange.com/marketpla...

Order the "War/No More Trouble," "Stand By Me," "Don't Worry," and "One Love" videos and the new Songs Around The World album now at itunes! http://tinyurl.com/pfcitunes

Learn more and join the PFC movement at http://playingforchange.com. To browse our videos and CD/DVDs available for purchase, visit http://www.playingforchange.com/marke...

JOIN THE MOVEMENT
http://www.playingforchange.com
https://www.facebook.com/PlayingForCh...
https://twitter.com/playing4change
http://instagram.com/playing4change


"

terça-feira, 29 de abril de 2014

Em velho ser!


Saudade é o sumo que sai quando tua lembrança me espreme o coração.
Carlos Kurare

TODO FILHO É PAI NA MORTE DE SEU PAI

" Há uma quebra na história familiar onde as idades se acumulam e se sobrepõem e a ordem natural não tem sentido: é quando o filho se torna pai de seu pai.

É quando o pai envelhece e começa a trotear como se estivesse dentro de uma névoa. Lento, devagar, impreciso.

É quando aquele pai que segurava com força nossa mão já não tem como se levantar sozinho. É quando aquele pai, outrora firme e intransponível, enfraquece de vez e demora o dobro da respiração para sair de seu lugar.

É quando aquele pai, que antigamente mandava e ordenava, hoje só suspira, só geme, só procura onde é a porta e onde é a janela - tudo é corredor, tudo é longe.

É quando aquele pai, antes disposto e trabalhador, fracassa ao tirar sua própria roupa e não lembrará de seus remédios.

E nós, como filhos, não faremos outra coisa senão trocar de papel e aceitar que somos responsáveis por aquela vida. Aquela vida que nos gerou depende de nossa vida para morrer em paz.

Todo filho é pai da morte de seu pai.

Ou, quem sabe, a velhice do pai e da mãe seja curiosamente nossa última gravidez. Nosso último ensinamento. Fase para devolver os cuidados que nos foram confiados ao longo de décadas, de retribuir o amor com a amizade da escolta.

E assim como mudamos a casa para atender nossos bebês, tapando tomadas e colocando cercadinhos, vamos alterar a rotina dos móveis para criar os nossos pais.

Uma das primeiras transformações acontece no banheiro.

Seremos pais de nossos pais na hora de pôr uma barra no box do chuveiro.

A barra é emblemática. A barra é simbólica. A barra é inaugurar um cotovelo das águas.

Porque o chuveiro, simples e refrescante, agora é um temporal para os pés idosos de nossos protetores. Não podemos abandoná-los em nenhum momento, inventaremos nossos braços nas paredes.

A casa de quem cuida dos pais tem braços dos filhos pelas paredes. Nossos braços estarão espalhados, sob a forma de corrimões.

Pois envelhecer é andar de mãos dadas com os objetos, envelhecer é subir escada mesmo sem degraus.

Seremos estranhos em nossa residência. Observaremos cada detalhe com pavor e desconhecimento, com dúvida e preocupação. Seremos arquitetos, decoradores, engenheiros frustrados. Como não previmos que os pais adoecem e precisariam da gente?

Nos arrependeremos dos sofás, das estátuas e do acesso caracol, nos arrependeremos de cada obstáculo e tapete.

E feliz do filho que é pai de seu pai antes da morte, e triste do filho que aparece somente no enterro e não se despede um pouco por dia.

Meu amigo José Klein acompanhou o pai até seus derradeiros minutos.

No hospital, a enfermeira fazia a manobra da cama para a maca, buscando repor os lençóis, quando Zé gritou de sua cadeira:e

— Deixa que eu ajudo.

Reuniu suas forças e pegou pela primeira vez seu pai no colo.

Colocou o rosto de seu pai contra seu peito.

Ajeitou em seus ombros o pai consumido pelo câncer: pequeno, enrugado, frágil, tremendo.

Ficou segurando um bom tempo, um tempo equivalente à sua infância, um tempo equivalente à sua adolescência, um bom tempo, um tempo interminável.

Embalou o pai de um lado para o outro.

Aninhou o pai.

Acalmou o pai.

E apenas dizia, sussurrado:

— Estou aqui, estou aqui, pai!

O que um pai quer apenas ouvir no fim de sua vida é que seu filho está ali. "

Infelizmente desconheço o autor do texto acima, caso você saiba, por favor, me avise!

Pai - Fábio Jr

domingo, 6 de abril de 2014

Ó vida! Ó dor! Ó azar!

Sentir dor, de vez em quando, é triste!
Agora... sentir dores sempre: é artrite!

Carlos Kurare

Sampa 04/04/2014 14:42h

Lippy e Hardy Chow You Feelings dublado

sábado, 5 de abril de 2014

"Sexo antes... amor depois!!!" Jabor e Lee



Isso explica o fato de minhas dores terem diminuído, muito, depois do meu divórcio!!!

>=0) 

Carlos Kurare

Texto da foto: Agora não há mais desculpas para fugir da relação sexual: É cientificamente comprovado que a dor de cabeça passa com o sexo!
Pesquisadores recomendam fazer sexo durante a enxaqueca, pois o sexo estimula a liberação de endorfinas o que alivia a dor!
ui!  (não sei se é verdade estou sem tempo para pesquisar, mas no meu caso deu certo!)









quinta-feira, 3 de abril de 2014

KURARE: 1.700.000 Acessos!





Quer saber como cheguei a esta marca em 4 anos?
Foi com muito, mas muito mesmo, trabalho duro!!!
É simples, basta ler os meus textos! Clique nos marcadores abaixo e viaje literalmente pelas páginas do blog KURARE.

São mais de 1300 postagens de hipertexto, ou seja, eu posto um texto meu e faço uma mixagem com uma imagem ou com uma música. Às vezes você tem que prestar atenção para a sutileza da composição, pois muitas vezes a faço de forma subliminar. Isso chama-se intertextualidade. Rs!  ?:o)|-<


Quero lembrar que o blog abriga apenas uma pequena parte da minha produção literária e quase nada dos meus textos de humor. Criar humor é muito difícil, por isso os guardo para os meus "stand up comedy", que pretendo apresentar no futuro, assim que a saúde me permita.

MARCADORES - Clique e vá direto ao assunto!
Não tive tempo para marcar todas as postagens, nem separar todas as frases, mas é claro que isso não impede você de perscrutar o blog e as achar.  

Essa marca foi conseguida, por mim e por você! Eu fico feliz quando você me envia um email, ou faz um comentário, ou me liga, ou mesmo quando não me dá retorno, mas retorna ao blog para ler mais. Isso me deixa muito feliz! Sinto que não estou só neste planeta, e que ambos fazemos a nossa parte! 

Só a cultura, a ética, a educação a informação e a formação é que mudarão o mundo! Sem elas, seremos sempre vítimas de oportunistas e manipuladores, que existem e persistem na política, nas grandes corporações mercantis, financeiras e... etc.!


- Por que o blog do Kurare não tem publicidade?

- Porque aqui é o nosso relicário! E nele, só guardo coisas de valor!

Carlos Kurare 

Sampa – 03/04/2014


Um doce... de veneno!



 

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...