quinta-feira, 10 de junho de 2010

Luís Vaz de Camões

 Em terra de cego quem tem um olho só é rei!
Carlos Kurare



Luís Vaz de Camões (Lisboa[?], c. 1524 — Lisboa, 10 de junho de 1580) foi um célebre poeta de Portugal, considerado uma das maiores figuras da literatura em língua portuguesae um dos grandes poetas do Ocidente.

Mudam-se os tempos...
Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
muda-se o ser, muda-se a confiança;
todo o mundo é feito de mudança,
tomando sempre novas qualidades.
Continuamente vemos novidades,
diferentes em tudo da esperança;
do mal ficam as mágoas na lembrança,
e do bem (se algum houve),as saudades.
Luís Vaz de Camões


Amor é fogo que arde sem se ver ...
Luís Vaz de Camões

Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói, e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar-se de contente;
é um cuidar que ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence, o vencedor;
é ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?



AMÁLIA RODRIGUES,CANTA CAMÕES - DURA MEMÓRIA
Clique aqui para ir para o youtube.



Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, soneto




Monte Castelo - Legião Urbana - Composição: Renato Russo - Camões (Letra).




OS LUSÍADAS de Luiz Vaz de Camões. SÉRIE GRANDES LIVROS - Produzido pela RTP2

Documentário clique no link e será remetido ao youtube para ver o documentário:

CAMÕES. Os Lusíadas 1/5


CAMÕES. Os Lusíadas 2/5



CAMÕES. Os Lusíadas 3/5



CAMÕES. Os Lusíadas 4/5



CAMÕES. Os Lusíadas 5/5

7 comentários:

ANÔNIMA FASCINADA disse...

Divino!(ops!) Maravilhoso!Sensacional, digno de um deus grego como Carlos Kurare (Ato falho)Que posso fazer? Leio o que escreve e me lembro da mitologia grega e você ainda ajuda, colocando um riquíssimo documentário sobre a obra e vida de Camões falando de amor... Nossa, lindo os vídeos,é para deixar o coração batendo descompassado...Quanto ao café,que honra você me pagar um café.Vou correndo comprar uma passagem para encontrá-lo...Ah!Conhecendo você, este deve ser "um convite grego".Convida mas não comparece.Bjs

Carlos Kurare disse...

Apareço sim! Só que com um monte de soldinhos dentro do cavalo! Ou do cerébro! :o)

Anônimo disse...

Que linda surpresa hoje...você conseguiu se superar! Que bela repaginada...está tudo perfeito:vídeos, textos, imagens...amei. Parabéns pelo seu trabalho. Hoje não deu para me conter e
acho que você merece mais do que uma elogio. Merece minha sincera admiração. É um prazer visitar seu blog todos os dias. Bjs.

Bebel

Carlos Kurare disse...

Olá Bebel é um prazer vê-la nos comentários!
Há alguns acertos a serem feitos! Eu os farei na medida do possível, pois para mim o foco é o conteúdo. Se bem que beleza é fundamental! :o)

Anônimo disse...

Será de verdade? Será q é comédia? Será divina?
Parabéns! Você é um espetáculo! Maravilhoso!

Leila Bragança

Carlos Kurare disse...

:o)

Anônimo disse...

Parabéns!
Tudo o que podia ser dito, já o foi, sobre seu bom gosto na repaginação do blog. Agora, o que eu vejo,...claro que não faz diferença, mas vou dizer mesmo assim. As laterais da página lembram a porta, que esconde ou mostra parte de seu belo rosto, na foto. Olhando desse jeito, tem-se a impressão de que o espaço, entre as laterais rústicas, é também o espaço entreaberto da porta, por onde, aos poucos, com sutileza, te revela... ou, esconde.
Muito bom, mesmo.

Clarabela

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...