quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Vivendo a vida adoidado...


"A vida passa muito rápido. E se você não curtir de vez em quando,
a vida passa e você nem vê". 
Ferris

Por que a previsibilidade deve fazer parte constante de nossas vidas?

Por que temos que ser certinhos? Sim eu sou, e muitas vezes isso me incomoda, às vezes dá me vontade de transgredir, de ir além dos limites, uma vez resolvi praticar alpinismo e o fiz quando percebi estava praticando espeleologia, não que eu amasse cavernas, não que eu gostasse de me sujar ao arrastar-me por lugares estreitos, frios e lamacentos ou deparar-me com criaturas repelentes. Dessas que habitam cavernas e corações. Eu só gostava mesmo era da companhia, identifiquei-me com o grupo de espeleo só isso. Pois por mais paradoxal que possa parecer eu gosto de GENTE!
Não sou muito exigente quanto a isso, (rsss).

Eu sou adaptável como qualquer pessoa o é frente às adversidades. Nós seres humanos somos as criaturas mais adaptáveis do planeta. Estamos presentes em todos os cantos dele. Vivemos nos desertos mais tórridos, bem como, nos lugares mais glaciais. Somos como as baratas, sobreviveremos por muito tempo, como elas, somos imunes até a radioatividade. E Se não somos...criaremos mecanismos que nos permitam ser. Relaxe portanto, quanto às mudanças climáticas, relaxe quanto ao afastamento gradativo da Lua, relaxe quanto ao fim dos recursos do planeta, relaxe quanto à mudança magnética dos pólos, simplesmente relaxe...

Nós somos a praga da praga. Sobreviveremos a tudo! E em alguns séculos ou milênios lançaremos nossas sementes pelo cosmo à dentro. Pois somos criaturas extremamente adaptáveis. Então, vamos praticar essa flexibilidade em nossas vidas?

Eu tento. E tento os que me cercam com quebras de paradigmas. Ainda de forma tímida, ainda que inseguro, afinal para “bailar la bamba, se necesita una poca de gracia”.

Vamos viver a vida! Afinal ela escorre por entre nossos dedos de forma fluida como água. Você já viu um cão tentando morder a água que verte de uma mangueira de jardim. Precisamos morder é a mangueira, a mão que a manuseia...Precisamos mesmo é nos morder! Rolar na grama e fazer amor! Por que você..."você me dá água na boca".

Acordei há 26 minutos atrás e estou preso numa galé, o frio corta minha carne como lâminas de prata o fariam. Mas há algo quente aqui dentro, dentro de mim, que como um Borg, aguarda ansiosamente a oportunidade de assimilar-se.

Eu, como errante, ainda erra, por um deserto de dunas, a procura de um oásis. Eu erro, errante que sou... navegante que sou, procuro ilhas de náufragos. Mas penso seriamente em trocar minha nau pelo navio do deserto: O camelo. E errar por outras terras outros mares.

SP-18/8/2010 08:35 O texto vai sem revisão, pois senão não publico como faço com a maioria. E este me dá vontade de publicar, sei lá...

Carlos Kurare

A vida é curta... curta a vida!
tempus fugit
carlos kurare

Ferris Bueller ( Curtindo a Vida Adoidado )


Nunca me canso deste filme! Se eu arranjar companhia... vou assisti-lo sozinho neste final de semana. :0)

Curtindo a Vida Adoidado - Twist and Shout - (aumente o volume o som esta baixo!)



Ferris Bueller's Day Off - Museum Scene


Lembro-me onde eu estava quando ouvi esta música pela segunda vez. Ah! Se eu fosse sete anos mais velho, e ela treze mais nova...que maravilha viver! Que esteja bem, e feliz onde quer que esteja. É o que desejo a essa menina linda, que cruzou um dia meu caminho e que tantas lembranças boas deixou. Um beijo e muito carinho. Como é bom termos boas lembranças de boas pessoas que cruzaram nosso caminho. Sou grato por isso. Eu sempre escolhi as músicas que marcaram meus relacionamentos. Essa mania de você, tem trinta anos.
Carlos Kurare

Mania de você Rita lee

2 comentários:

Luna disse...

Rapaz...assistir este filme sozinho no final de semana???

Xiii...já estou vendo tudo! Uma tribo inteira se digladiando, se descabelando, endoidando mesmo...só para rever este filme! Que coisa...rsss

Anônimo disse...

Boas lembranças são eternos momentos prazeirosos que tivemos a alegria de viver!!!Também eu,tive a mesma sorte que o dono do Blog,de encontrar no passado pessoas que nos deixaram felizes e,Rita Lee fazia fundo musical com suas inesquecíveis canções!!!Que bom ter o que recordar...,porque recordar é viver!!! .Achei o texto bem expressivo e bonito de ler,ficou bom sem o trabalhão de revisão que o Carlos Kurare faria para nós,leitores afortunados. Adorei rever o filme Curtindo a vida adoidado com todas aquelas coreografias e enredo divertidíssimo.Silvana Bacana.

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...