sábado, 16 de outubro de 2010

As aparências enganam



Por falar em política! Quero dizer-lhe que não só o político "mente e sorri sem dente!"
Eu admiro pessoas que namoram pela internet, sem a segurança de uma webcam com áudio. Que marcam encontros sem um prévio conhecimento.
Só pessoas ingênuas ou muito espertas vão a encontros com pessoas que conheceram por email, MSN digitado. Conheço tantas histórias arrepiantes dos desdobramentos desses encontros, que penso que além de príncipes e princesas há muitos ogros e bruxas malvadas nesses contos de fraldas.
Num mundo cheio de ratazanas vorazes, há de se ter cautela com pintinhos frágeis. Desculpe-me se fui grosseiro, mas sabe é que eu leio jornais, vejo TV, e sei um pouquinho de histórias da vida privada e da vida de privada.
Se você conhecer uma história surreal que ocorreu num relacionamento virtual conte para mim. Se me permitir eu posto no Blog. Ao enviar o email deixe claro o que posso ou não fazer com as informações.
Carlos Kurare



"As coisas nem sempre são o que aparentam ser." (N. Machiavelli)


Hummmm! Agora entendo por que tanta gente evita usar a webcam!




Cuidado! As aparências enganam!



Namoro pela internet


Nem tudo é o que parece!


As aparencias enganam (Vol. 1)


As aparencias enganam 5


Namoro pela internet


As aparências enganam 02


As aparências enganam - médicos



Já fiz muito isso! Sou filho de sapateiro.


As aparências enganam - bonecas


Nada é como parece ser!!! 1


Nada é como parece ser!!!2


Amor depois do casamento -


Por este motivo que sou favorável ao sexo antes do casamento.
Desde que, não atrase a cerimônia! É claro!

As Aparências enganam!


As aparências enganam! E como enganam.

16 comentários:

Paul@... disse...

Oi Carlos...
Estou nos sites de relacionamento desde janeiro deste ano já passei por desagradável surpresa por falta de malicia minha ou excesso de ingenuidade. Me relacionei por 1 mes via msn com um "homem! que não era um homem, e sim uma mulher que na brincadeira (e na maldade) resolver criar um avatar masculino. Eu me apaixonei. Acredite. E descobri qdo "ele" me ligou, querendo me convencer que não era o que eu esperava... Na realidade, a estória é bem longa, foram 30dias de !"namoro" umas 3x ao dia, detalhes, afinidades, cumplicidade, enfim... quebrei a cara ... Chorei 3 dias. Mas agora retirei desta situação a obrigação em ser mais cética, só falar com webcam, enfim. Estas coisas que vc adiantou .
Se quiser publicar, não me oponho. :Se precisar de mais detalhes, me escreva... beijos
Paula

Carlos Kurare disse...

Oi Paula também apanhei muito no início. Há muitos perfis falsos, gente doente mesmo! Como vemos em todos os lugares no mundo real.
A melhor maneira de evitar isso eu percebi há tempos é utilizar a webcam. Desconfio de quem foge da Webcam e de quem que logo o telefone ou marcar um encontro sem um bom papo preliminar.
Prefiro quebrar um pouco o romantismo a quebrar a cara.
E essa gente que quer viver no mundo virtual por muito tempo também não é normal não. Um mês já é tempo demais para aguardar. Tem gente que ao invés de usar a internet como meio a usa como fim, grande erro!
Temos que tomar cuidado com os ladrões de tempo, pois o tempus fugit.
Paula faça me um favor mande os detalhes os quais eu possa publicar se você achar que é o caso. Pode mandar para o email do BLog okurare@gmail.com Obrigado!

Carlos Kurare

Anônimo disse...

Kurare,
Realmente tem te tudo mesmo nesse mundo,não só no virtual.Mas como diz voce,dá para separar o joio do joio.Claro,que com as devidas medidas de precaução e cuidado.
Eu mesma,separada há 6 anos,tenho um relacionamento fruto de um site de relacionamentos,ha 2 anos, e que foi muito válido e prazeroso.Eu e uma amiga separadas,resolvemos entrar em sites de relacionamento,para travar novas amizades,talvez quem sabe mais que isso.
Ela teve sorte de conhecer uma pessoa muito bacana;hoje estão casados e muito bem.O único problema,é que ela teve que mudar-se com ele para o nordeste e hoje temos uma relação de amizade virtual..mas "REAL".
Há que se ter cautela quando o assunto é esse,mas as vezes o perigo está bem ao nosso lado e não nos damos conta.
Na minha opinião,tomando os devidos cuidados,vale sim..e muito a pena conhecer alguém virtualmente,desde que no "teti à teti",a realidade após a expectativa seja satisfatória.
Não vou ficar esperando que alguém bata à minha porta pra conhecer alguém interessante.Temos que abrir os canais,não?

Bom final de semana!

Renata

Lucia Helena disse...

Eu acho que desisti de vez de namoros virtuais há cerca de dois anos atrás, quando eu, recém solteira de novo, depois de quase 4 anos de namoro e noivado firmes, "conheci" virtualmente um indiano. Aliás, um homem belíssimo, super culto, interessante de verdade. Eu nem posso dizer que não o vi, pois nos vimos algumas vezes, sim, por webcam, conversamos por telefone, carta, e-mail... Recebi presentes lindos, embalados em linho cru, vindos diretamente de lá, um cartão com "Eu te amo" escrito em várias línguas e dialetos hindus, bem como em inglês. Enfim, tudo o que se poderia imaginar de uma história mágica...
Onde, devem se perguntar vocês que me encaixo na história do "as aparências enganam"?
Bem... explico! Do nada, sem combinar antes, sem sequer mencionar a intenção, ele me ligou dizendo que estava no aeroporto de Mumbai, de malas prontas, de mudança para o Brasil, para ficar na minha casa... ele, a mulher e os dois filhos! E que esperava que eu entendesse e abrisse uma loja para ele trabalhar. Ah, sim, e que esperava reembolso das passagens e iria ainda pensar se me aceitava como uma segunda esposa. Nem imagina como foi difícil ouvir isso tudo... Ainda bem que era uma espécie de blefe, para saber se eu pagaria as passagens deles para virem para cá e se aceitaria o fato dele já ser casado... A conversa que se seguiu seria complicada até para duas pessoas conversando na mesma língua! Mas, me posicionei e coloquei um ponto final no assunto. Daria um livro inteirinho se listasse todos os e-mails que recebi dele depois: iam da desculpa esfarrapada ao mais completo ataque de ira!
Sei que eu deveria ter pensado que éramos de culturas diferentes, que, para ele, talvez, fosse algo natural... Só que não era desta forma que ele se apresentava e, sim, como solteiro, sozinho, sem filhos...
Chorei muito, nem me lembro por quanto tempo...
O que quis dizer com minha história é que nem com webcams estamos verdadeiramente livres de enganos, de situações estranhas e difíceis de aceitar quando o assunto é "namoro virtual". Acho que o olho no olho real ainda é a melhor idéia e alternativa...

Rê Liberato disse...

Meu Pai e Minha Mãe!!!Que será de mim...depois que tirar os cabelos postiços, os olhos postiços, a prótese de nariz, o peito de silicone, o bumbum falso ( a educação também...rsrsrs), as unhas postiças...lindas e longas, as sobrancelhas pintadas, os cílios colados um a um...que coisa!!! Até os joelhos mandei moldar!!!!!...não é bom assim...???? Pensei que fosse...rsrsrs...Quem sabe alguém gosta assim...cada qual com seus quais...rsrs Bom...independente do que sobrou em mim...o que é que vou fazer...50 anos é tempo demais!!!...Já conheci homens reais muito piores do que alguns poucos que conheci no mundo virtual...Já soube de casos reais amedrontadores...Por outro lado, tenho um casal amigo...lindos os dois...casados e parceiros...encontraram-se num site de relacionamentos...Mundo real? Mundo virtual? Perigosos? Viver é um risco...Importante é tentar...mesmo as situações doloridas relatadas...serão experiências de evolução...Parabéns a quem tentou...mesmo que o resultado tenha sido inesperado...indesejado...Concordo com o Caetano..."se eu tivesse mais alma...eu daria...isso para mim é viver..." Bjs

Rê Liberato disse...

Cralos, adorei os vídeos...divertido e muito inteligente...Obrigada Bjs de boa noite

Carlos Kurare disse...

Renata,

Eu tenho conhecido vários casos de sucesso nos sites de relacionamento. Conheço exemplo de pessoas próximas que obtiveram êxito neles.

Sobre os fracassos que ouço falar e vejo, são de pessoas que também fracassaram fora deles. Estou há um ano a penar, mas como não conheço outra ferramenta de busca para encontrar companhia qualificada, vou continuar a usar essa ferramenta da melhor maneira possível.

É necessária uma paciência de Jó, é verdade! Mas quem disse que a vida é fácil?

Parabéns pela postura Renata! Temos sim que abrir canais. Quem fica de bobeira esperando ser achada, é presa de predadores! Ou pior! É vítima do tempo.

Eu vou à luta! Pois sei que há algo além do arco-íris, e é muito mais que um pote de ouro. Sei que há além um caldeirão de emoções!

"Quem sabe faz a hora não espera acontecer!"

Carlos Kurare

Luna disse...

Caramba...cada história heim? E eu achando que encontrar um homem com 1,70 de altura ao invés de 1,80 e com 60 anos ao invés de 50 fosse falta de sorte minha.

Anônimo disse...

Kurare,acesso esse site,bem interessante:
http://www.maisde50.com.br/

e veja isso:
http://www.livroamar.com/

Mas ha muitos sites honestos,até mesmo agencias em que podemos confiar.
Bom domingo!

Renata

Carlos Kurare disse...

Renata,
Os sites podem até serem honestos, desonestos são os frequentadores!!!
:0)
Ah! Menina presta atenção! Até dia 28 deste mês. Tô fora desse site de mais de 50!
Caramba! Farei 51 Isso lá é boa idéia???!!!
Lá se vai mais uma penca de pretendentes.

Interessante o livro. Já pensei em escrever um manual de sobrevivência em sites de relacionamento. Um dia levo a cabo esse projeto...Ou não!

Carlos Kurare
Carlos Kurare

disse...

Adorei o assunto e havia esquecido de postar um comentário...na verdade, mais que um comentário, estava pensando seriamente em criar um blog a respeito....as aventuras e desventuras de uma pessoa bem intencionada nos sites de relacionamento...rs...quero ser o Carlos Kurare de saia (justa) - dispensável a explicação do trocadilho né - ...rs...e salto alto (pisando em ovos)...hehehe. Acho que vou ter alguns, em especial algumas seguidores né??? Nossa...só Deus sabe o que já passei em alguns sites!
Vou amadurecer a idéia e aviso vcs...bjs e um lindo e iluminado dia a todos!

Anônimo disse...

Estou associada a um site de relacionamento para amizade ou namoro,e, desde então,tenho tido uma distração a mais em minha vida. Papo vai papo vem, acabamos por encontrar alguém interessante e mantemos uma comunicação constante via webcam. Difícil errar nesses casos pois vemos ali a pessoa como ela é. Até o momento nada deu errado e espero continuar da mesma maneira até o vencimento de meu contrato nesse site. Eu recomendo para as encalhadas,porém, não para as que vivem no cio, aí fica perigoso porque tendem a matar cachorro a grito, a seleção fica comprometidíssima e pode dar merda !!! Silvana Bacana.

Carlos Kurare disse...


Eu tenho planos para um blog com essa temática.
Crie o seu depois trocamos figurinhas.
carlos kurare

Anônimo disse...

Pela "amostra" dos comentários, esse assunto vai render muito. Eu, felizmente, mesmo sem usar webcam, nunca tive problemas, também nunca sai do virtual sonhando encontrar um príncipe na real...Meu lado razão sempre foi bem mais forte que a emoçao, o que as vezes ajuda, noutras atrapalha. Concordo com o comentário da Silvana Bacana sobre "matar cachorro a grito"...hehehe
Só posso dizer que tenho amizades lindas de muito anos que iniciaram no virtual...Quando nem ICQ se usava (isso revela idade, nao deveria postar..rs). Beijos e sucesso a todos.
Neca

Anônimo disse...

Carlos, esqueci de postar isso: http://noticias.r7.com/esquisitices/noticias/trintona-desiludida-decide-so-fazer-sexo-pela-internet-20101022.html
Não acho que se enquadre exatamente na matéria, mas achei no mínimo curioso...hehehehe.
(Peguei aqui: http://www.r7.com/)
Beijos
Neca

Carlos Kurare disse...

Neca,
Isso sim é sexo seguro!
Carlos Kurare

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...