sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Não é a diferença entre pessoas que gera o conflito. É a indiferença!




Vejo com freqüência, em muitos perfis femininos, um apelo no que diz respeito a homens cheirosos! Certa parcela desse público reivindica avidamente a necessidade do homem cheirar bem! Mas eu pergunto, e o gosto? Como expert em culinária instantânea , sei que um prato deve agradar aos olhos ao olfato e ao paladar, já que ambos se completam numa espécie de simbiose mística. Na falta de um deles, no meu modesto entender, o prato perde toda a graça. vAlter Ego diz: “modesto entender”? Esse cara não tem dicionário? Alguém ai! Vê se explica para o esse selenita o real sentido da palavra modéstia! Esse Kurare é um “gnominado”!!!
A animação abaixo que tive a sorte de descobrir numa rápida pesquisa (vALTER EGO diz: sorte o caramba! Esse lunático filho de um selenita esmiuçou o Google, como um sabujo procura a caça). Há anos eu vira essa obra prima do MOEBIUS e ri muito com o final da HQ. Hoje me lembrei dela após uma conversa hilariante com uma psicóloga dublê de dançarina. O tema da conversa foi sobre o amor incondicional dos cães condicionados por anos de convívio e dependência com o ser humano. A propósito ela dançou na conversa, seu graças a precariedade de funcionamento do MSN (Windows live Messenger) ela digitava e eu falava foi uma luta de David contra Golias sem direito a atiradeira.



MOEBIUS - IS MAN GOOD?(O Homem é bom?)





Por onde andaram, andam e andarão, os jovens agressores que acenderam luzes de neon intolerante na AV. Paulista? Como foram educados, que tipo de vida levaram, o que terá incutido tanto ódio no coração desses jovens? Quais filmes viram? Quais livros leram? Que tipo de amizades têm? Como é o convívio familiar? Qual química os tornou assim? Há conserto que ainda possa ser feito? O que vejo é a fuga da punição, aliás, um veneno sutil que há muito está sendo introduzido na nossa sociedade. Hoje poucos são os pobres e os ricos que pagam por seus erros. Os castigos, quando são aplicados, estão cada vez mais brandos. 

Não é a diferença entre pessoas que gera o conflito. É a indiferença!

A minha, a sua, a nossa atitude, frente aos fatos e que fará diferença! Reclamar só não basta! Criar leis num país que não se cumpre adequadamente as que já existem é piada. Temos é que educar melhor. Educação é tudo! E aqui não estou falando da educação formal, mas sim da que é dada em nossos lares.



 
Uma coisa eu sei... cachorro bravo não deve sair à rua... sem focinheira.



Paratodos (clipe oficial) - Chico Buarque



 indiferença.
1. Qualidade de indiferente.
2. Desinteresse:
“as estrelas bocejavam dormentes, numa criminosa indiferença por aquela dor suprema de que eram as únicas testemunhas.” (Trindade Coelho, Os Meus Amores, p. 202).
3. Desprendimento, desdém; desprezo:
“em nenhum de nós a resistência ao matrimônio .... significava indiferença pelos encantos femininos.” (José Régio, Histórias de Mulheres, p. 9).
4. Insensibilidade moral; apatia, insensibilidade, negligência.
5. Inconsciência doentia.
Indiferença moral. 1. Ét. Estado ou qualidade daquele que é amoral.
© O Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa.

3 comentários:

Rê Liberato disse...

Ah!!! Que moça interessante essa!!!! Falou sobre Amor Incondicional??? E como forma de Amor que a gente só aprende com animais?? Especialmente com cachorros??? Ah!! Gostei dela...que inteligente não??? Gostei...eu compartilho dessa idéia!!! Eu se fosse você...conversava mais sobre esse assunto com ela...quem sabe ela lhe convence dessas novas idéias avançadíssimas sobre o Amor...Precisa renovar idéias...O Mundo está em transformação...somos seres que vivem no mesmo Uniuverso...O Planeta precisa de interação...compartilhamento...aprender com os diferentes... ( rindo muito aqui....) Ah!!! Bom dia, hein Carlos Kurare...Bom dia para todos os leitores e final de semana com muita amorosidade...não importa daonde venha..."qualquer forma de Amor vale à pena"...

Rê Liberato disse...

Ah!!! Outra coisa...ela conseguiu manter contato com vc ...você falando e ela escrevendo??? Nossa!!! Rápida ela não...? Ela refletia, falava consigo mesma ( porque mulher é louca para falar...imagina essa querida pobre mulher sem falar??? ) e escrevia...enquanto vc só falava??? Ela conseguiu manter um contato fluído??? Nossa...essa moça é mesmo ímpar...Minha admiração por ela...e você...que crueldade hein, Sr.Carlos Kurare??? Fazer isso com a menina??? Menina...porque deve ser um broto...( morta de rir ) Beijos carinhosos

Rê Liberato disse...

Ah!!! E olha aqui...DUBLÊ DE DANÇARINA...é a....ufffffff!!!!!! Sempre assim...a gente se mata...e eles nunca reconhecem....( ressuscitada de tanto rir ) Trégua...Beijo especial Kurare...você é uma criatura ímpar...Esse blog é um encanto para mim...

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...