sábado, 15 de janeiro de 2011

Não como galinha... frango então? Nem pensar!!!



Não sei se sou vegetariano, moralista ou só portador de bom senso. Só sei que não como Galinha, vaca ou piranha!
Não critico os que comem, mas eu cuido do meu corpo como um templo.
Carlos Kurare

Sampa - 15/12/2010 09:31


Bom senso (também chamado de senso comum) pode ser definido como a forma de "filosofar" espontânea do homem comum, também chamada de "filosofia de vida", que supõe certa capacidade de organização e independência de quem analisa a experiência de vida cotidiana.
É a escolha de alguns critérios para decidir sobre os problemas e dúvidas encontrados. Criteriosidade, porém, pouco rigorosa. Mesmo não tendo acesso à filosofia e à ciência, alguns homens são capazes de desenvolver um senso crítico, uma sabedoria de vida, por meio da qual podem assumir uma postura de certa independência em relação à avalanche de informações e pressões ideológicas que os cercam a todo instante.



Luiz Melodia - Cara A Cara


Luiz Melodia e Seu Jorge - Diz Que Fui Por Aí - Comp.: Zé Keti / Hortêncio Rocha


Para ver as letras clique em continuar

Cara A Cara
Luiz Melodia



Cara, cara
Quando vejo você
De calcinha preta
Você me deixa louco
Você me deixa de careta

Pelo telefone
Ouço, vejo você de veneta
Você me deixa louco
Você me deixa de careta

Nova York, novo Brasil

Você mentiu
É tudo espoleta
Você me deixa louco
Você me deixa de careta

Peço um beijo
Então não dá
Diz pra mim o que é que há
Desperta pra mim
Perfume como aquela flor

Rosa, dália, turmalina
Fruto novo de se ver
No escuro acordado
Te vejo de toda cor

Diz Que Fui Por Aí
Luiz Melodia
Composição: Zé Keti / Hortêncio Rocha

Se alguém perguntar por mim
Diz que fui por aí
Levando um violão debaixo do braço
Em qualquer esquina, eu páro
Em qualquer botequim, eu entro
E se houver motivo é mais um samba que eu faço
Se quiseres saber se eu volto diga que sim
Mas só depois que a saudade se afastar de mim
Mas só depois que a saudade se afastar de mim

Eu tenho um violão para me aconpanhar
Tenho muitos amigos, eu sou popular
Eu tenho a madrugada como companheira
A saudade me dói no meu peito me rói
Eu estou na cidade eu estou na favela
Eu estou por aí sempre pensando nela

Pensando nela... Pensando...

8 comentários:

Tania disse...

Meu reflexo



Por muito tempo tentei ser o que não sou.

Fingir o que nunca senti.

Mentir sobre mim... para mim.

Preciso experimentar a sensação de estar só e, estando só, me sentir acompanhada.



Acompanhada da presença divina que há em mim e nunca percebi, da beleza que me cerca e me preenche, da felicidade que sou capaz de sentir, mas nunca me permiti.



Talvez agora seja o momento de me colocar diante de mim e me despir das minhas fraquezas, das minhas conquistas, do meu sofrimento, da minha angústia, da minha dor e me achar lá no fundo da minha alma.



Achar o “eu”, puro... simples e aí talvez, me sinta livre e feliz

Rê Liberato disse...

Criatura...vou lhe falar...Ainda bem que hoje é sábado...e é dia de gafieira no Magnólia!!!!! Ninguém resiste essa Vida...sem um sambinha para dançar...Para cantar samba ninguém melhor que dois "malandros"...Melodia e Seu Jorge...Luiz Melodia...cantor preferido do ex...ops...sweet memories...rsrs Enfim...como quem gosta de samba...bom sujeito certamente é...hoje é dia de dançar uma dança bordada que é a gafieira...linda, toda cheia de postura e graça...com mesuras do parceiro o tempo todo...é um dos espetáculos mais lindos que já vi...Lindo de se ver e de Viver...Quanto a galinha, frango ou piranha...não posso dizer nada...minha Vida de dançarina é tão ocupada, que mal consigo perceber que diferença faz...o legal mesmo é Viver....isso é que é uma boa alimentação de alma...Kurare...bom sábado...é melhor um regiminho mesmo...dizem que carne branca tem vindo lotada de hormônios, sabe?...faz a carne parecer mais apetitosa, que na verdade é...sabe como é??? Beijocas...

Carlos Kurare disse...

Tânia,
Seu poema vai ser publicado no futuro na postagem: Poesia do Leitor. Aguarde!

Carlos Kurare

Carlos Kurare disse...

Rê,

Sou ruim da cabeça e doente do pé, mas um dia ainda hei de aprender a sambar! Alguma alma caridosa ainda terá paciência de ensinar estas cadeiras a balançar!

Um beijão, feijão!

Carlos Kurare

Rê Liberato disse...

Ah!!! Com certeza...sempre tem alguma alma querendo ir para o céu!!!! Vai aparecer uma, feijão!!! Não desista!!! Não desista!!! Eu como acabei de chegar do zouk...eta coisa boa!!! Depois da gafieira no Magnólia, do zouk do domingo...agora só o forró amanhã no Buena!!!! rsrsrs Balançar cadeiras, Kurare???? Cristo Redentor...isso é mais velho que o Som de Cristal...mas Som de Cristal é tudo de bom...mas enfim...como dançar é alimentar o Universo de sementes de Amor e Liberdade...vou rezar por você...Beijocas

Carlos Kurare disse...

Rê,

A Christina enviou-me dois links do Youtube que beiram ao divino. Já postei, não sei quando vai ao ar. Mas você e os leitores que gostam de dança vão adorar! Eu gostei muito!
Obrigado pela reza, tô precisando de reza pra Santo Antonio! To mais encalhado que paquiderme em pocilga!

Um beijão... feijão!

Carlos Kurare

Rê Liberato disse...

Ah!!! Que coisa triste!!! Nem sei o que lhe dizer!!! Fiquei sem palavras...literalmente...pois nem sei o que é isso...você sabe..."encalhado" é um termo que eu não aprecio...mas deve ser ruim pela sua fala...ops...digo escrita...Mas vou rezar para Santo Antonio...porque lembrei daquele filme, com a Fernanda Torres...que ela faz de tudo para arrumar namorado...põe o Santo em situações terríveis...até jogá-lo pela janela...e aí o santo cai na cabeça do futuro namorado..." A Marvada Carne"...Vou rezar...mas você... jogue o santinho pela janela...quem sabe???? Não é possível que não exista um encontro arrumado para você...pelo Universo...Kurare...Paciência, como diria o Lenine...

"Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não..."....

Olha uma ótima candidata....A Vida...Apaixone-se por ela...Não tem coisa mais intensa e abrangente!!! Vida!!! Será que temos esse tempo para perder??? A Vida é tão rara...tão rara!!!
Torço por você, Kurare...Beijo no coração

Rê Liberato disse...

Ah!!! Beijinhos para Christina e para o Paulo...infelizmente não tenho o contato dos dois...Que bom que vocês tem falado!!!

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...