sexta-feira, 5 de agosto de 2011

"Abre a porta e a janela e vem ver o sol nascer..."


"Nada supera a deliciosa sensação da presença! Exceto, a dolorosa sensação de ausência!"
Sampa - 3/8/2011 20:10
Carlos Kurare



Frase feita em resposta ao texto do L.Stein clique aqui para ler o texto do Stein:

A Louca Esperança Do Amor na Internet


Por falar em ausência. O vídeo abaixo apresenta duas damas maravilhosas do cinema. 
Ah! Audrey! Essa magrelinha era um encanto! Uma verdadeira bonequinha (de luxo)! As loiras que me perdoem, mas cabelos pretos são imbatíveis. Gosto deles assim pretos... Pretinhos!



Grace Kelly and Audrey Hepburn-the true fashion icons

Link do vídeo enviado pelo Nelson (que pelo visto, tem muito bom gosto!)

Novos Baianos - Preta Pretinha [1973]

Cantei muito esta música para os meus filhos, quando eram pequenos.

E por falar em magrelinha...

MAGRELINHA - LUIZ MELODIA - (1973)

4 comentários:

Lucilene Soares disse...

:-) Amei... tudo! Coincidentemente, revi o bonequinha de luxo ontem... realmente a Audrey-magrelinha era encantadora, linda!

Alê disse...

Ausência é mais sentida do que a presença,

talvez porque a gente perceba a importância, depois da perda



Bjkas e um final de semana de paz!

Silvana Bacana disse...

Não há dúvidas de que Audrey Hepburn é a mais encantadora e esguia,enquanto Grace Kelly possui uma beleza comum e casou-se com aquele
feinho riquinho lá de Mônaco.Adoro todos os filmes atuados por ambas as damas...
Magnífica a postagem de hoje,frases do Kurare,músicas,desenhinhos encantadores,valeu hein, mais uma vez por todo empenho,pesquisa,escolha e trabalho do
dono do BLOG para nosso deleite!!!

Carlos Kurare disse...

Obrigado pelos gentis comentários... meninas!
Ontem me disseram que era pra M. Monroe fazer o filme, cruz credo! A sutileza toda do filme deve-se a leveza da Audrey, na minha nada modesta opinião é claro!
Silvana... sempre gentil, obrigado!
Beijo a todas!

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...