sexta-feira, 26 de agosto de 2011

"O deserto que atravessei Ninguém me viu passar Estranha e só..."


 Eu, apesar de camelo ser,
não sei se sua imagem
é oásis ou miragem...
após o entardecer!
Sampa - 23/8/2011 08:16

Carlos Kurare

Catedral - Zélia Duncan - Comp.Tanita Tikaran


letra aqui

Poema, poesia, frase, aforismo, música popular brasileira MPB

4 comentários:

Alê disse...

Ouço essa música sempre,

E sempre me encanta,



Bjkas

Marcia Lemes disse...

Ótimo!! Agora estou precisando do chá de cidreira!!... Sr. Escritor, humorista, poeta, astronauta, doce, inteligente, cativante, Obrigada!! Amei o seu blog, doravante estará em meio aos meus favoritos!! Fiquei encantada com tudo, entrei em vários lugares, li alguns artigos, frases, textos, reflexões enfim... me emocionei muito com a música que adoro... Serra do Luar... “tudo é uma questão de manter... a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranqüilooooo....” fazia tanto que não ouvia!!!!... meu coração ficou acelerado em vários momentos .. senti saudades de mim... de pensar, de analisar a vida sobre vários aspectos... me inquietei.. aff... cadê minha cidreira??...

Carlos Kurare disse...

Alê,
A interpretação da Zélia caiu como uma luva para está música!
Um beijo!

Carlos Kurare disse...

Marcia Lemes,
Que bom que gostou deste meu pequeno relicário!
Seja bem-vinda, volte sempre e traga amigos para este nosso convívio!
Um beijo!

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...