terça-feira, 20 de dezembro de 2011

"Venha antes que um grito me saia do peito"

Saudade é o sumo que sai quando sua lembrança me espreme o coração
Carlos Kurare
São Paulo - 29/7/2011 18:09


Flor de meu vaso

A flor do meu vaso quebrou-se pelo vento
Venha antes que um grito me saia do peito
Flor da noite, que não exala mais o seu perfume à noite
Quem será que a arrancou de seu ramo?

No canto do céu um arco-íris
Eu como escuridão, você como luar
Se o vento não lhe penteasse os cabelos
Eu me perderia na floresta do sono

Flor de meu vaso, lua de minha varanda
Arrancaram-me de ti, como o peixe da água
Flor de todo sonho, sem cor e perfume
E eu como um rio, que adentra o pântano

Enquanto o céu resplandece azul, a flor do sol
nos ramos do salgueiro, permanece triste em seu coração
E quando aparece o luar, a flor do luar não mais desliza os córregos
Você que acena com as mãos, e às estrelas entrega a sua vida

Desabrochada ficou pelo vento a flor da flor
E ao você fechar os olhos, faltam duas estrelas
E o sol queimando a flor
Flor de meu vaso, lua de minha varanda

Tradução de Farrokh Chadan


SIMIN GHANEM, سيمين غانم - Gole Goldoone Man, گل گلدون من ♥ LYRICS

Nenhum comentário:

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...