domingo, 18 de março de 2012

Perdão se pede aos vivos!


Tem gente que não sabe o quanto um pai faz falta na formação de um indivíduo.
Quem não teve um pai, não pode dimensionar a profundidade dessa lacuna.
Quem teve um pai ausente, não pode dimensionar a amplitude desse vácuo.
Mas, quem teve a felicidade de ter um pai presente em sua formação, sabe que perde-lo é como estar montado na voyager sem destino certo, mas com o conforto de ter um coração previamente aquecido.
Cuidado com o orgulho! Já vi muita gente ficar com a culpa a corroer seus dias por causa de um orgulho bobo.
Depois que as pessoas partem para outros mundos, não há mais comunicação que acalente a dor de não ter pedido desculpas.
Você até pode pedir perdão para um morto...mas não ouvirá seu perdão!
Carlos Kurare


Grande Hélio Ribeiro! Tenho saudades do seu maravilhoso programa de rádio!
 Descanse em paz!
Carlos Kurare

HÉLIO RIBEIRO - MEU PAI

Nenhum comentário:

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...