sexta-feira, 27 de julho de 2012

Eu gosto de Bicho!

Meus bichinhos:

...Eu tive dois gatos: um era um vira-latas preto e branco chamado chaninho eu tinha uns nove anos quando o achei na rua e o levei pra casa. Ele dormia comigo apesar de minha mãe não gostar muito dessa parceria. Eu o chamava por assobio ou gritando como o Tarzan, e estivesse onde estivesse ele atendia meu chamado... Um dia ele não atendeu...
O outro gatinho era um Korat Tailandês, achei-o na rua também, pensei que ficaria preto quando crescesse, mas ficou cor de grafite. Eu tinha uns 26 anos na ocasião, estava a serviço em outra cidade, para entrar com ele no hotel o coloquei numa caixa de papelão. Jantei no quarto e pedi leite e presunto para o nosso jantar. Eu era recém-casado e o levei pra casa meio temeroso, Mas ele foi recebido com muito carinho pela minha esposa na ocasião. :o) Ele pesava uns 6 quilos e acredite se quiser: eu o ensinei a fazer pipi na privada. Tenho uma foto dele em pleno alívio urinário, para provar tal façanha. Era um bichano muito inteligente.
Tive um cachorro, o lobo, um vira-lata completamente burro, foi o cachorro mais burro que tive. Ele roeu tudo em casa, literalmente tudo. Não era um cachorro para apto. Doei-o para os meus pais, e foi bom para todos, lá ele tinha um quintal grande e muita tranqueira para roer. O lobo partiu bem velhinho no ano passado. Tive um Cachorro chamado Ghandi, mas ele partiu ainda filhote, tive outro chamado Gazela, dei esse nome a ele devido a agilidade e por ser um ótimo saltador. Foi doado, pois a dona não podia ficar com ele. Era um vira-lata muito legal e tinha um belo porte. Tive um poodle, foi presente para as crianças, também doado, o nome dele era People. Muito inteligente e educado, aprendeu vários truques. Por último a Laika, quando me separei ela ficou, pois era da família, apesar de termos um relacionamento muito pessoal, ela é o bicho mais inteligente que tive de uma sensibilidade ímpar. Limpíssima foi o único canino que permiti que subisse em minha cama. Coisa que ela só faz após pedir e ter aprovação.
A Laika eu comprei, é um pinscher. O único bicho que tive que comprei, exceto pelas galinhas patos, hamster, peixes, tartaruga, galinhas de angola.
Tive um papagaio, também eu o chamava e ele voava cerca de 30 metros até o meu braço. O trouxe da Bahia. Ele apareceu debilitado no campus do Projeto Rondon, tinha um cordão preso à perna, alimentei-o e trouxe-o numa viagem de 33 horas de ônibus para São Paulo. O nome dele era... Louro. Original NE?!
Trouxe também dois calangos que capturei, os soltei no jardim/horta do meu pai, o macho era belíssimo era verde amarelo azul e branco, ele andava no meu ombro. A fêmea vivia enfiada nos buracos que cavava no quintal.
Há dez dias aluguei um quarto e por conta disso passei a conviver com uma cachorrinha poodle, muito bonitinha, chamada bolinha.
Em breve trarei algumas de minhas plantinhas prá cá.
Bem é isso... Gosto muito de pessoas, de animais e de plantas, não necessariamente nessa ordem! ?:0)
Um adendo: tem gente que de tão carente trata animais com um valor superior a seres humanos, Gosto de animais e os trato bem, mas quando vejo pessoas darem mais valores a seus bichos do que a seus pares... isso me deixa desconfortável. Darei um exemplo: Meu gato o Só, se deu bem com o meu filho, mas com a minha filha foi diferente: um dia ele a arranhou na mão, esse incidente fez-me levá-lo para a casa da minha mãe e lá o deixei. Ele nunca mais voltou para o meu apto. Ele era bom para viver com adultos, mas péssimo para conviver com crianças.
Vai adotar ou comprar um animal, informe-se bem antes sobre o comportamento dele ou poderá ter sérios problemas de adaptação entre ambos.
Gosta de animais? Visite o http://matilhaurbana.blogspot.com.br/


Ps.: São 5:23h e há uma hora um gato não para de miar, pelo miado deve ser um filhote. Eita tentação... rsrsr!

E por falar em gatos e cachorras... Essa Rita era uma Gilda hein?!

3 comentários:

Lina Maria disse...

"Nunca houve uma mulher como Gilda."
Esta frase foi elaborada para promover o filme "Gilda".
Gilda retrata bem a figura da Femme Fatale, um tipo de mulher
que tem o poder de, curiosamente, atrair os homens.
Saudade dos musicais!!!!
Bem, voltando aos bichos...
Estamos com uma gatinha aqui em casa, a minha lindona Lilica.
Ela nos escolheu, pois invadiu a nossa casa pela janela, quando era filhote
e acabou conquistando o meu coração.
Eu odiava gatos, já que o mesmo que aconteceu com sua filha, aconteceu comigo;
fui arranhada quando era criança.
Mas a Lilica...é muito fofinha, uma vira-lata com olhos diferentes, um azul e outro
castanho, branquinha, uma lindinha.
Quem diria, eu apaixonada por uma gatinha...
É, as coisas mudam ...
Abraços

silvana bacana disse...

Não consigo postar meus comentários !!!

silvana bacana disse...

Ufa, dei sorte hoje, que bom.
Há muitos dias atrás tentei por diversas vezes postar meu comentário, mas, sem sucesso.
A postagem de hoje, 27-07, está esplendorosa. É gratificante comunicar-se com pessoas que, assim como eu, deleitam-se com os animais, as pessoas e a natureza!!!
Parabéns pelo adorável texto do dono desse Blog.

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...