sexta-feira, 23 de novembro de 2012






Tente achar o waldo no desenho abaixo, adorava procurar o wally com meu filho. Estou a falar com ele neste momento. Ele lembrou-se que tinha uns cinco anos nessa época. Demos boas risadas agora! Eu estava mesmo precisando rir. Escrevo enquato falo com ele ao telefone.

Meu filho lembrou-me de outra brincadeira: era um esconde-esconde "sonoro"... Eu explico: Nessa época eu ficava muito tempo deitado, por conta de uma enfermidade implacável, as crianças escondiam-se e eu ficava deduzindo onde elas estavam, eu me baseava no som que elas e quando não faziam barulho algum, eu as provocava perguntando: Estão prontos? ai elas diziam simmmm! Eu, é claro! Descobria onde estavam pelo som da resposta! rsrsrs bons tempos! Que saudade gostosa...

Tinha a brincadeira da bexiga, passávamos horas... dias nessa brincadeira. Ele tá rindo aqui comigo! A brincadeira era assim eu ficava deitado na cama ou no sofá (eu não podia andar nessas ocasiões e sofria dores lancinantes, quando conseguia brincar com eles era uma benção) eu fechava os olhos na maioria das vezes estava tão cansado por não dormir por conta da dor que sentia... outro dia eu conto mais! Preciso terminar a conversa com ele mora em outro estado e está de saída para a universidade.

Carlos "pai"

  Onde está o wally?

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...