terça-feira, 11 de dezembro de 2012

VERde Novo: Quero olhos de olhar, e de ver estrelas!






São duas horas de uma madrugada insólita... ouço, num compasso sonolento, gotas de chuva a fustigar uma velha bacia de alumínio.

Isso me faz lembrar o crepitar de fogueiras antigas, em terras distantes. Eu dentro de um saco de dormir sobre a relva macia. Era um tempo no qual eu olhava para o céu e via miríades de estrelas salpicadas sobre o manto negro da noite.

E numa fração de segundos, vinda do recôndito de minha mente, uma névoa de lembranças invade-me, um frio nostálgico perpetuasse em meu corpo e um cheiro de ausência, mesclado com aromas de distância, permanece no denso ar do quarto.

Com o olhar perdido na parede branca, palavras esvaem-se por entre meus dentes e lábios, num som gutural e soturno... 

Onde andará o meu amor?


Carlos Kurare

 Sampa - 18/12/2010 02:44

Editado em 11/12/2012 14:38




Maria Bethânia - Onde Estará o Meu Amor

Bridge over troubled water


The sound of silence - Tradução


the boxer


Maria Bethania - Casinha Branca

Postado originalmente em 18/12/2010

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...