segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Aniversário do Blog do Kurare 3 aninhos!!!



Clique na foto!

Dorme bem meu bebê... eu que pai fui, ainda pai sei ser.
Pai... nunca é passado. Pai de verdade... é pai presente!
O meu presente... é presente ser!

Carlos Kurare

Vale do Ribeira - 10/2/2012 21:03



Hoje é aniversário do Blog! Ele faz três anos!  Ele não mais engatinha! Já anda firme sobre suas perninhas, mas ainda é uma criança! Vê-se alegria nos seus olhos e há folia no seu corpo! Afinal, hoje é carnaval!

Ainda usa fraldas, mas em breve deixará de usá-las.
Pede atenção, mas em troca...dá fortes e profundas emoções!

Querido Blog. Você nasceu, meio que sem planejamento, meio que a pedido do momento, meio que quando eu, com tanto amor para dar, como uma represa pronta pra estourar, e desiludido de encontrar alguém que pudesse doar... criei você! E ao criá-lo sacrifiquei muito do meu tempo de conforto só para melhor lhe lapidar!

Agora, meu querido, vou colocá-lo na cama como faço todas às noites e lhe contar uma de minhas muitas historinhas e vê-lo dormir. Não sem antes, como sempre faço, me emocionar com você.

Dorme bem meu bebê... eu que pai fui, ainda pai sei ser.
Pai... nunca é passado. Pai de verdade... é pai presente!

O meu presente... é presente ser!

Carlos Kurare
Vale do Ribeira - 10/2/2012 21:03





Nana Caymmi e Dorival Caymmi - Acalanto (Original)



Acalanto
Dorival Caymmi

É tão tarde
A manhã já vem,
Todos dormem
A noite também,
Só eu velo
Por você, meu bem
Dorme anjo
O boi pega Neném;
Lá no céu
Deixam de cantar,
Os anjinhos
Foram se deitar,
Mamãezinha
Precisa descansar
Dorme, anjo
Papai vai lhe ninar:
"Boi, boi, boi,
Boi da cara preta
Pega essa menina
Que tem medo de careta".

Acalanto Edu Lobo e Paulo Cesar Pinheiro


Acalanto
Edu Lobo e Paulo Cesar Pinheiro

Dorme que eu vou te embalar
No meu colo quente
Como a lua embala o mar
E a maré embala a gente
Dorme que eu vou te velar
Pela noite quieta
Como a chama do luar
Vela o sono dos poetas
Dorme que eu vou te ninar
No teu canto de criança
Como sempre ouvi meu pai cantar
Um acalanto de esperança

11 comentários:

Alessandra Mollo disse...

Lindo, comovente, emocionante!
É simplesmente formidável a sua alquimia de transmutar sentimentos em verso e prosa...
Sucesso, sempre!

Um grande abraço, amigo Kurare!

Alê

Lee disse...

Parabéns Kurare, pela perseverança, trabalho de pesquisa e criatividade nestes 3 anos!

ᄊム尺goん disse...

...linda homenagem!

abç

Isabel Menezes disse...

Parabéns, Carlos, pelo aniversário do seu caçulinha... sempre que posso venho aqui curtir os seus posts, sempre muito inteligentes, muito perspicazes. Adorei os acalantos, me deu vontade de nanar...Bjs

silvana bacana disse...

Parabéns querido Carlos, seu trabalho na realização diária do Blog foi, sem dúvidas, de valor intenso, sempre acrescentando as pessoas que têm o privilégio de acessá-lo como eu. Um beijo carinhoso.

silvana bacana disse...

Que maravilha Carlos, você postar novamente o famoso vasinho com a florzinha e aquele incrível céu azulzinho, valeu pra gente recordar a inauguração de seu Blog em fevereiro de 2010!!! Sou fã dessa imagem há 3 exatos anos e não me enjôo de contemplá-la,pois, me dá a sensação de estar vendo o mundo através de uma janela cheia de luz e vida.

Carlos Kurare disse...

Obrigado pelo carinho!

Carlos Kurare disse...

Obrigado por acompanhar meu blog desde o início!

Carlos Kurare disse...

Obrigado Margoh!

Carlos Kurare disse...

Obrigado pelo carinho Isabel!

Carlos Kurare disse...

Obrigado Silvana. Essa foto também me faz um bem enorme, pena que o layout moderno do BLogger ainda não me permita postá-la. De vez em quando eu mudo pro velho só pra matar a saudade. Um beijo e obrigado por me acompanhar ao longo destes três anos.

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...