VERde Novo: Sair faz bem, o problema é... com quem???


"Estou impressionado com o mundo virtual, há tantas mentiras nele que, muitas vezes, penso que o mundo virtual é tão mentiroso quanto o mundo real."
Carlos Kurare

Texto postados nos comentários do Blog da Luciana:

Sabe Luciana? Não há coisa melhor do que ir ao Zôo ou ao Jardim Botânico e tocar nas plantas, sentir o cheiro do verde das folhas, ouvir zumbidos ocultos na mata e assistir sentado na grama, um concerto sinfônico de insetos aflitos. Creio que todos gostariam de fazê-lo, mas penso que falta aquela companhia agradável para que isso aconteça. “A verdade está lá fora!” Mas é difícil encontrar a companhia certa... sempre foi!

Eu dependo muito do computador, da internet, para o trabalho, lazer, estudo etc. e tal, mas, troco tudo isso, rapidinho, por uma boa companhia. Sentar ao pé de uma fogueira, ouvi-la crepitar, e sentir o frio e a umidade da garoa ao tocar nossa pele, jogar uma boa conversa fora, ou cantar ao som de um violão velhas canções. Isso é muito bom. Preenche o espírito e deixa um gosto agridoce na boca...de quero mais!
Mas para isso acontecer, as pessoas têm que tirar a máscara. Têm que se expor.
Hodiernamente ninguém quer sair da zona de conforto que o mundo virtual proporciona. A segurança do mundo virtual é um alento para as dificuldades que o mundo moderno impinge... Apesar de nos aprisionar o mundo virtual também é paradoxalmente uma fuga! E muitas vezes, infelizmente para muitos... é a única SAÍDA!

Se me permitir vou por um anúncio aqui: Troco um PC, com tecnologia de última geração, por pessoa com a sensibilidade da velha geração!

Carlos Kurare



Sá, Rodrix e Guarabira - 1.casa no campo 2.caçador de mim 3.Espanhola

Comentários

Lina Maria disse…
Oi,poeta!

Eu quero esta casa no campo, perto do mar, num vilarejo especial,onde...

"...Onde areja um vento bom
Na varanda, quem descansa
Vê o horizonte deitar no chão

Pra acalmar o coração
Lá o mundo tem razão
Terra de heróis, lares de mãe
Paraiso se mudou para lá

Por cima das casas, cal
Frutas em qualquer quintal
Peitos fartos, filhos fortes
Sonho semeando o mundo real

Toda gente cabe lá
Palestina, Shangri-lá
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa

Lá o tempo espera
Lá é primavera
Portas e janelas ficam sempre abertas
Pra sorte entrar

Em todas as mesas, pão
Flores enfeitando
Os caminhos, os vestidos, os destinos
E essa canção

Tem um verdadeiro amor
Para quando você for" Marisa Monte http://www.youtube.com/watch?v=r7qrFD19c_Y

Beijos, meu querido!
Perfeito: Troco um PC, com tecnologia de última geração, por pessoa com a sensibilidade da velha geração! Mas...cadê?
Vitoria Aragon disse…
Olá, Carlos!

No mundo real e virtual, ao meu ver, as pessoas são quem são. A diferença do virtual é que elas podem ser o que desejarem,sem medo,pois se quiser não mostram a cara. No real podem ser o que desejarem também, mas se há necessidade de se mostrar, a diferença é que precisam ser muito artistas para não transparecer o ser humano que são, e o incrível é que se acostumam a ser assim e de repente elas mesmas acham que tudo que inventam é real, já não sabem distinguir a diferença.
Infelizmente Carlos, hoje em dia as pessoas não tem mais tempo, e o tempo que tem não tem paciência para perceber o simples, e não escutam quem o percebe, as vezes me sinto em um mundo sem ninguém, me sinto deslocada. E achei muito interessante o que escreveu a respeito de sentar perto de uma fogueira e escutá-la crepitar,escutar o zumbido da mata, o cheiro das plantas... isso tudo é mágico,sei apreciar coisas simples da vida, morei na roça, e para mim isso tudo tem um valor incalculável. Infelizmente as pessoas perderam o valor das coisas, pensam em ter e se esquecem em ser, como é bom ser gente, pisar na grama, sentar sem medo de se sujar, rir, chorar sem se preocupar aonde está e o que os ouros vão pensar. Nascemos livres, mas ao longo da vida nos aprisionamos com "coisinhas" que não valem a pena, devemos tirar sim as máscaras e nos mostrar para o mundo sem medo.
Felicidades!!!

Vitoria Aragon disse…
Que saudades que me deu de ouvir "Espanhola"! Quando a escutei pela primeira vez era uma menina ainda, apaixonada! SAUDADES!!!
rodolfo arthur disse…
pessoal não sei como cheguei ate vcs mas adorei tuque que li, sou de origem muito umiude e tenho muito o que concordar com vcs. tenho algo que gostaria de expor para vcs, as vezes tenho que dormir as 4 da madrugada e acordar as 6 da manhã, ai eu ficava dizendo: pra quê dormir tanto? 8 horas de sono é o mesmo que um terço do dia. não quero passar um terço da minha vida dormindo. mas olha pessoal se por acaso houvesse uma forma saudável, de precisarmos dormir apenas 2 horas por dia? e ai? seria bom? teria-mos mais tempo? bem... sim teria-mos, mas para quê? para quê termos tanto tempo? pra gastarmos em redes sociais? na tv assistindo novela? pocha ate os programas jornalísticos que sempre juramos ser útil, hj não serve mais ate as noticias são aquelas que eles queiram que vejamos, para quê ter mais tempo se não o usamos em cousas como estas mencionadas pela vitória e tantas outras? bem pessoal obrigado pelo espaço, obrigado por terem lido, obrigado pelo tem que me deram, o tempo é a única coisa que realmente temos, por isso é agradeço. nada ha de mais valioso, nada é tão irrecuperável quanto o tempo, ate os pessoas queridas que se vão acabam caindo no esquecimento e sendo substituídas, mas o tempo não, esse não volta. lhe agradeço pelo seu tempo.

Postagens mais visitadas