segunda-feira, 3 de junho de 2013

Cinco (mil) maiores arrependimentos antes de morrer...


Ao ver o vídeo abaixo pensei nas últimas palavras que eu gostaria
 de ouvir, no meu velório, antes de fecharem o caixão:

Olha gente!!! Ele... ele parece que... tá respirando.
ELE TÁ VIVO! UM MÉDICO, RÁPIDO!!!

>:0)

Carlos Kurare

Cinco maiores arrependimentos antes de morrer


Obrigado a Marina (Araras-SP) pela dica do Vídeo!

Publicado em 17/12/2012
Nossa especialista comenta os cinco maiores arrependimentos que as pessoas têm antes de morrer.
Veja a lista completa dos arrependimentos listados no livro "Os cinco principais arrependimentos de pacientes terminais". escrito por Bronnie Ware, uma enfermeira especializada em cuidar de pessoas próximas da morte, no http://www.einstein.br/einstein-saude...
Categoria

5 comentários:

Paula Farha disse...

Obrigada! Repensar minha escolhas...JÁ!.

Lina Maria disse...

Machado de Assis desenha belamente a respeito dos dois horizontes que fecham a nossa vida..."...a saudade e a esperança..."

Uma visão machadiana um tanto pessimista acerca do futuro.
Daria um novo título para o poema:
Os horizontes que abrem a nossa vida.

Belo texto para refletirmos sobre arrependimentos, pedidos mil, enfim...

"Dois horizonte fecham nossa vida:"

Machado de Assis

Um horizonte, — a saudade
Do que não há de voltar;
Outro horizonte, — a esperança
Dos tempos que hão de chegar;
No presente, — sempre escuro, —
Vive a alma ambiciosa
Na ilusão voluptuosa
Do passado e do futuro.

Os doces brincos da infância
Sob as asas maternais,
O vôo das andorinhas,
A onda viva e os rosais.
O gozo do amor, sonhado
Num olhar profundo e ardente,
Tal é na hora presente
O horizonte do passado.

Ou ambição de grandeza
Que no espírito calou,
Desejo de amor sincero
Que o coração não gozou;
Ou um viver calmo e puro
À alma convalescente,
Tal é na hora presente
O horizonte do futuro.

No breve correr dos dias
Sob o azul do céu, — tais são
Limites no mar da vida:
Saudade ou aspiração;
Ao nosso espírito ardente,
Na avidez do bem sonhado,
Nunca o presente é passado,
Nunca o futuro é presente.

Que cismas, homem? — Perdido
No mar das recordações,
Escuto um eco sentido
Das passadas ilusões.
Que buscas, homem? — Procuro,
Através da imensidade,
Ler a doce realidade
Das ilusões do futuro.

Dois horizontes fecham nossa vida.

Carlos Kurare disse...

>:0)

Carlos Kurare disse...

>:0)

silvana bacana disse...

O arrependimento vem quase sempre acompanhado da falta de coragem, do medo de agir ou fazer algo ..., também da insegurança, da baixa auto estima, xiiiiiiiiiiiiiiiii, acho que vou chorar.

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...