terça-feira, 11 de junho de 2013

No frio da saudade...

O poema abaixo foi escrito por minha filha aos 15 anos. É uma gravação caseira. Eu o gravei sem recursos de estúdio. A captação foi feita diretamente do notebook.
Carlos Kurare

No Frio da Saudade - Poema de Lilica - Voz Carlos Kurare

Um comentário:

isabelborboletando disse...

Olá, Carlos!

Dando a minha passadinha habitual e me arrepiando com o poema e a voz!

Bjs, Isabel

http://isabelborboletando.blogspot.com.br/

Não se trata de α ou de Ω, mas sim de β...

Partículas de amor. A simplicidade é “tudo de bom”! Talvez por ela ser contínua e perpétua em sua continuidade.  Nós, as pessoas...