Já deu corda hoje?




Tempus Fugit

Tem gente meio pateta
que não percebe que o tempo é um grande atleta

Dele corremos às cegas
feitos crianças em brincadeiras de pega-pegas

Muita vez ele dá bode
Sem muito se importar com a hora e com o aonde

Com o tempo não se brinca
Talvez não perceba, mas o tempo, com o tempo, te trinca

Pior é quem perde o bonde
E perde o amado, numa brincadeira de esconde-esconde

Carlos Kurare

Sampa - 16/07/2013 08:54


O poema acima foi feito a partir de uma mensagem da amiga Regina, lida hoje às  7:55 o criei em menos de uma hora. Se levar em conta que tive alguns contratempos: banheiro,  tomei café, atendi skype, watsapp etc e tal! Acho que ganhei do tempo com ele. rsrs


Boa noite querido...Olhe só o que achei...lembrei de você...

"Sentia que o relógio chamava para o seu tempo,
Que era o tempo de todos aqueles fantasmas,
O tempo da vida que passou…
Tenho saudades dele.
Por sua tranquila honestidade,
Repetindo sempre, incansável, "tempus fugit".
Ainda comprarei um outro que diga a mesma coisa.
Relógio que não se pareça com este meu, no meu pulso,
Que marca a hora sem dizer nada,
Que não tem histórias para contar.
Meu relógio só me diz uma coisa:
O quanto eu devo correr para não me atrasar…
Mas o relógio não desiste.
Continuará a nos chamar à sabedoria: "tempus fugit…"
Quem sabe que o tempo está fugindo descobre, subitamente,
a beleza única do momento que nunca mais será…"

Trecho do livro "Tempus Fugit"
Dica da querida Regina - São Paulo - SP

Nat King Cole - Fascination - Legendado


NAT KING COLE - UNFORGETABLE (LEGENDADO



Oração ao Tempo - Caetano Veloso


Oração Ao Tempo
Caetano Veloso

És um senhor tão bonito
Quanto a cara do meu filho
Tempo tempo tempo tempo
Vou te fazer um pedido
Tempo tempo tempo tempo...

Compositor de destinos
Tambor de todos os rítmos
Tempo tempo tempo tempo
Entro num acordo contigo
Tempo tempo tempo tempo...

Por seres tão inventivo
E pareceres contínuo
Tempo tempo tempo tempo
És um dos deuses mais lindos
Tempo tempo tempo tempo...

Que sejas ainda mais vivo
No som do meu estribilho
Tempo tempo tempo tempo
Ouve bem o que te digo
Tempo tempo tempo tempo...

Peço-te o prazer legítimo
E o movimento preciso
Tempo tempo tempo tempo
Quando o tempo for propício
Tempo tempo tempo tempo...

De modo que o meu espírito
Ganhe um brilho definido
Tempo tempo tempo tempo
E eu espalhe benefícios
Tempo tempo tempo tempo...

O que usaremos prá isso
Fica guardado em sigilo
Tempo tempo tempo tempo
Apenas contigo e comigo
Tempo tempo tempo tempo...

E quando eu tiver saído
Para fora do teu círculo
Tempo tempo tempo tempo
Não serei nem terás sido
Tempo tempo tempo tempo...

Ainda assim acredito
Ser possível reunirmo-nos
Tempo tempo tempo tempo
Num outro nível de vínculo
Tempo tempo tempo tempo...

Portanto peço-te aquilo
E te ofereço elogios
Tempo tempo tempo tempo
Nas rimas do meu estilo
Tempo tempo tempo tempo...


Caso queira saber mais sobre o tempo veja o documentário a respeito feito pela National Geografic NatGeo em http://youtu.be/tHY-zeBL084

Bode:
14. Bras. Gír. Situação embaraçosa, difícil, complicada ou deprimente.

Onde:
De onde a onde. 1. De tempos a tempos; de onde em onde:

Dicionário Aurélio

Comentários

Regina Liberato disse…
"Por seres tão inventivo
E pareceres contínuo
Tempo tempo tempo tempo
És um dos deuses mais lindos
Tempo tempo tempo tempo..."

Essa música não existe!
Cantá-la inteira é êxtase!
Charme e bom gosto...que postagem especial!
Só você...planta uma semente e transforma em flor de lótus.

Beijos no coração

Postagens mais visitadas