sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Cê veja só: Cerveja só para adultos!!!



Embebedar-se: não é uma questão da graduação alcoólica do que se bebe, mas sim da quantidade de álcool que se ingere. Eu pergunto: Qual a diferença para o cérebro entre um gole de vinho e dez latas de cerveja?

Santa hipocrisia Batman! Estimulam o consumo de álcool, entre crianças e jovens, com propagandas subliminares de felicidade instantânea.

A indústria do álcool não está nem ai para as crianças e jovens deste país! Ela quer é ganhar dinheiro!

Eu me pergunto: O que esses políticos ganham com essa displicência com o futuro deste país. Afinal, nossos jovens são o futuro desta nação!

O álcool é responsável por grandes transtornos familiares e sociais. Aumenta as despesas públicas com hospitais e tratamento de acidentes causados por motoristas embriagados.

Causa chagas, sem bálsamo, nas vítimas, familiares e amigos de pessoas feridas gravemente ou mortas por situações relacionadas com o álcool.

Só quem convive com alcoólatras sabe o sofrimento que o álcool traz.

Não permita que esse vírus televisivo invada a casa das desafortunadas crianças que não têm pais responsáveis ou presentes para controlar o que elas veem na tv.

Vamos proteger as crianças deste país!


Cerveja... tire essa “oportunista fria” da TV!

Carlos Kurare

Sampa – 25/10/2013


Eu já assinei "agora só falta você"!!!
Kurare


Entre neste link e participe:  "Cerveja Também é Álcool" Link: http://www.change.org/cervejatemalcool


Muito prazer "seo" Carlos eu me chamo José. E agora? A festa da cerveja vai acabar?


Inezita Barroso - MODA DA PINGA - Ochestis Aguiar Laureano e Raul Torres - Humor





O Ministério Público do Estado de São Paulo propõe uma ampla mobilização da sociedade em um assunto que atinge os interesses da criança e do adolescente expostos diariamente à propaganda de cerveja
Sabia que a exposição à publicidade de bebidas alcoólicas está relacionada com um consumo maior e mais precoce, principalmente entre adolescentes e adultos jovens? Quer ajudar a impedir que isso aconteça? Faça parte da campanha que o Ministério Público de São Paulo está organizando. 
A campanha "Cerveja Também é Álcool" propõe a alteração do parágrafo único do artigo 1º da Lei Federal 9.294/96 para que as restrições à publicidade passem a abranger toda e qualquer bebida, com graduação alcoólica igual ou superior a 0,5 grau Gay-Lussac, conforme definição técnica do Decreto 6.117/2007, que institui a Política Nacional Sobre o Álcool. Pela atual redação, a restrição só é aplicada às bebidas com teor alcoólico superior a 13 graus Gay-Lussac, o que contribui para o consumo indevido de bebidas alcoólicas por crianças e adolescentes. 
Todo mundo pode participar. Divulgue também nas redes sociais com a hashtag #cervejaéalcool. Você tem visto como as mobilizações chamam a atenção da imprensa e, por consequência, dos políticos.


Inezita Barroso - MODA DA PINGA - Ochestis Aguiar Laureano e Raul Torres - 03.08.1953



Campanha do MP-SP registra mais de 20 mil assinaturas

Abaixo assinado para restringir propaganda de cerveja tem adesões de todo o País

Mais de 20 mil pessoas de todo o Brasil já registraram o apoio à campanha "Cerveja Também é Álcool", do Ministério Público de São Paulo. A marca foi alcançada nesta sexta-feira (25). Com o objetivo de incluir a cerveja na legislação que restringe a publicidade de bebidas alcoólicas, o Ministério Público criou um abaixo-assinado eletrônico pela Change.org, a maior plataforma de petições eletrônicas do mundo: http://www.change.org/cervejatemalcool
O Ministério Público lida com inúmeros casos de consumo excessivo de bebida alcoólica, que são cada vez mais precoces e abusivos. São crianças e adolescentes com uma probabilidade altíssima de se tornarem dependentes do álcool. A campanha "Cerveja Também é Álcool", propõe a alteração do parágrafo único do artigo 1º da Lei Federal 9.294/96 para que as restrições à publicidade passem a abranger toda e qualquer bebida, com graduação alcoólica igual ou superior a 0,5 grau Gay-Lussac, conforme definição técnica do Decreto 6.117/2007, que institui a Política Nacional Sobre o Álcool. Pela atual redação, a restrição só é aplicada às bebidas com teor alcoólico superior a 13 graus Gay-Lussac, o que contribui para o consumo indevido de bebidas alcoólicas por crianças e adolescentes.

Segundo o advogado Alan Vendrame e a psicóloga e doutora em psiquiatria Ilana Pinsky, especialistas em dependência química e alcoolismo, “fatores como exposição à publicidade e atratividade da publicidade de bebidas alcoólicas estão relacionados com uma maior expectativa de consumo futuro e com um consumo maior e mais precoce, principalmente entre adolescentes e adultos jovens”.
Uma pesquisa dos especialistas, que contou com a participação de 133 estudantes, com idades entre 14 e 17 anos, com o objetivo de analisar a apreciação de propagandas de cerveja por adolescentes e qual a relação com a exposição prévia às mesmas e o consumo de álcool, mostrou que 82,7% relataram já ter experimentado bebidas alcoólicas, dentre os quais, 44,4% referiram consumo com alguma frequência: pelo menos uma vez ao mês e aos finais de semana. Em relação à exposição prévia às propagandas, 79% dos adolescentes haviam assistido previamente pelo menos uma das 32 propagandas exibidas durante a pesquisa. Confira aqui os dados completos: http://bit.ly/19JwLCx.
A campanha “Cerveja Também é Álcool” tem o apoio de diversas instituições que combatem o uso de álcool e drogas e defendem os direitos de crianças e adolescentes de todo o País. Já aderiram ao projeto: Instituto Alana, Aliança de Controle ao Tabagismo, Sociedade Brasileira de Pediatria, Conselho Federal de Medicina, Conselho Regional de Medicina, Conselho Federal de Farmácia, Conselho Regional de Farmácia, Cúria Metropolitana de São Paulo, Pastoral da Sobriedade/CNBB, Federação Espírita Brasileira, Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo, Conselho Tutelar de São Bernardo do Campo, Fundação Criança de São Bernardo do Campo, Conselho Municipal de Álcool e Drogas de Guarulhos, Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de SP, Pastoral da Educação do Regional SUL 1/CNBB. 

Núcleo de Comunicação Social
Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095

Nenhum comentário:

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...