domingo, 7 de fevereiro de 2016

Riscos voadores

Infelizmente desconheço a autoria da imagem.

Fórmula certa para um acidente veicular:

Um velhinho, de pijama vermelho, sem óculos, sem habilitação, dirigindo à noite uma carroça sem luzes, sem rodas e puxada por animais selvagens!!!  Certamente vai dar Nerda!

Carlos Kurare

A postagem abaixo foi feita originalmente em 
Hoje na Paraíba, sinto-me mais feliz, fiz um armistício com a artrite, apesar dela não seguir à risca a convenção de Genebra... tem me permitido algumas liberdades!


Oh my life minha vida esta em stand-by
Vago à noite entre bosques de chorões, há uma bruma sob meus pés
Vejo criaturas míticas e tenho contatos imediatos de terceiro grau

Oh! My life! A minha vida segue em stand-by!
Oh! My life! A minha vida segue em stand-by!

Sinto dores nas juntas desta máquina ultrapassada, vejo a ferrugem que se espalha sobre toda a superfície e pressinto que o fim está próximo de mim. E como um navio encalhado, num banco de areia, rezo para que a maré mude.

Oh! My life! A minha vida segue em stand-by!
Oh! My life! A minha vida segue em stand-by!

Caminhamos todos numa marcha silenciosa. E como lemingues marchamos tutelados para o mar. Amparados pela ordem natural das coisas.
Há um tipo de bolor que se espalha sobre nós, e nos impregna de imperfeita humanidade
Leio coisas feias sobre meus antepassados, Ötzi me gela com uma flechada fria em seu ombro e como São Patrício, matamos nossas serpentes inexistentes.
Nós somos à noite no escuro de nossos quartos, intensos, imensos e desconhecidos tais como as galáxias que o Hubble com sua miopia tecnológica não vê.
Alguém bate à porta em hora morta, é uma senhora com uma maçã que me diz palavras sem alarde.
Nesse momento, um cão ladrão, ladra e me alarda, essa é a ladra dos meus sonhos
Olho para maçã que já está apodrecida e vejo a forma humana da humanidade.

Oh! My life! A minha vida segue em stand-by!

E lembro-me daquela canção:

Eu sei, pois me contaram
que há espíritos doloridos
que andam ao léu
Que para não serem vistos ou molestados
cobrem-se com um branco véu.

Mas há aqueles que os enxergam
e com eles tentam se comunicar
Mas... a dor oblitera palavras,
sentimentos e comunicação.
E espíritos erram e, erram pelo mundo.

Há homens que vivem perdidos
e perdem-se mais em multidões.
Mas há os que abraçam causas
e alteram o rumo das coisas
e fazem deste mundo... um mundo melhor!

E eu que não encanto, canto está canção

Oh! My life! A minha vida segue em stand-by!

Oh! My life! A minha vida segue em stand-by!

16/6/2011 09:32
Carlos Kurare

Caramba tentei escrever uma frase apenas para postar esta música do Caetano que tocou e me tocou esta manhã. Ai deu no que deu ai em cima. 



London, London - Caetano Veloso

London, London Caetano Veloso (Tradução) Trilha Sonora BOOGIE OOGIE (Lyrics Video)HD...

Ganhei dinheiro, 
mas perdi o tempo dedicado
com aquela gente do mercado
negro financeiro.

Nenhum comentário:

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...