quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

My way, gosto de ouvi-la...





Eu tenho um jeito assim... Meio diferente, meio sem jeito.
Muitas vezes fico sem jeito, pois não me ajeito ao seu jeito. Não me ajeito a jeito algum. Sou deste jeito, não tem jeito!

Esta música, toca e me toca e desentoca há décadas! Vivo a toque de caixa! A toque de música! A não me toques! Ah! Toque a música!

My way, gosto de ouvi-la na voz do Sinatra. Mas como sou resiliente que nem chiclete velho, também gosto da interpretação do Elvis. Tive uma vez uma namorada passageira, lá pelos meus 23 anos, que adorava o Elvis, eu não a entendia e muito menos ela a mim, o interessante é que com o tempo, passei a gostar do Elvis, e mais de mim. Mas, dela esqueci não a tenho mais na Cuca. Vejo que cresci. 

Espero que você, como eu, goste das duas. E de outras que tanto ouvi.
As fotos são minhas, este ano meterei a mão na fotografia como uma criança o faz num vidro de jujubas coloridas eu prometo.

Olhe meus caminhos sempre foram trilhados com passos firmes, mas sem rumos definidos, caminhei caminhos, tortuosos, e rasguei vestes em espinhos de morangos silvestres... Saboreei morangos pelo caminho. Furei minhas mão em farpas da floresta e enroxei minhas pernas nas águas frias dos rios de junho. Não tenho tatuagens, tenho, sim, muitas cicatrizes, mas elas lembram-me histórias, fatos e emoções muito mais coloridas.

Procurei nunca me vender... Barato!

Bem... Ouça a música você vai gostar.
Carlos Kurare

My Way - Frank Sinatra



My Way - Elvis Presley

2 comentários:

Sandra Massae disse...

Adoro o Sinatra e amo o Elvis de paixão. Os dois tem vozes incomparáveis, mas o Elvis cresci ouvindo suas músicas e assistindo seus filmes por intermédio de minha mãe e das tias. Mais que a beleza física e a voz belíssima sempre me enterneço pela figura que teve tudo e ao mesmo tempo nada.
Sempre é bom ouvir. Faz bem aos ouvidos e ao coração. ^^

anna9911 disse...

Duas vozes divinas ... O Sinatra me traz de volta o glamour de Hollywood, e Elvis, a ternura de minha infância. Duas viagens deliciosas!

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...