terça-feira, 6 de abril de 2010

O Valioso Tempo dos Maduros


Para a minha "grande" amiga, Sheyla: Feliz aniversário!!!





O Valioso Tempo dos Maduros

Mário de Andrade

Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para a frente do que já vivi até agora.
Tenho muito mais passado do que futuro.
Sinto-me como aquele menino que ganhou uma bacia de jabuticabas.
As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.
Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.
Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados.
Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e
sorte.
Já não tenho tempo para conversas intermináveis, para discutir assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha.
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos.
Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário geral do coral.
As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos.
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa... Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana, que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade...
Só há que caminhar perto de coisas e pessoas de verdade.
O essencial faz a vida valer a pena.


E para mim, basta o essencial!


5 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pelo bom gosto... Parabéns pela narração. Essas coisas fazem a diferença.. Lilian

Anônimo disse...

Taí uma coisa que você faz e que realmente gosto.Me dá prazer ouvir você declamando os poemas não importa se são seus ou de qualquer outra pessoa...Isso você faz muito bem...me empolga, me faz te admirar.
Lindo presente deu a sua amiga, ela realmente deve merecer.
bjs
Alicce

Anônimo disse...

MARAVILHA, voz e texto, adorei saborear cada palavra do autor !!! Congratulações pelas espetaculares fotografias que acompanham o vídeo. Silvana Bacana

Anônimo disse...

Gosto da sua voz...
ela enche meus ouvidos e acalma minha alma... Gosto de sua voz..
Ela enche de luz minha noite escura...
Fala, fala mais, quero te escutar...
Fala, fala mais, quero me deliciar com a sua voz...
Fala, fala mais, estou pronta para te ouvir...

Bel34

Anônimo disse...

Oi,legal a homenagem do blogueiro para a amiga feliz aniversario ela merece . Rute Woss

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...