quarta-feira, 28 de abril de 2010

Por falar em Jupiter 2...


Perdidos no Espaço é uma série que conta as aventuras no espaço da família Robinson , a bordo da nave Júpiter 2, juntamente com o Robô e o Dr. Zachary Smith ( genial interpretação do ator Jonathan Harris).


Nada tema com Smith não há problema! Rs! Como esquecer esse bordão? Sinto muito crianças do século XXI, mas tive a felicidade de ver as séries do século XX. Os defeitos especiais eram muitos, mas os roteiros eram brilhantes e cativantes. Os filmes de hoje são como os anúncios estampados na maioria dos fast-foods, são belíssimos são plásticos parecem divinas aquarelas em papel branco, mas na hora que vamos comê-los têm gosto de papel e plástico. São insípidos como turfa (não confundir com trufa). :o)
Carlos Kurare


Glossário:
turfa
[Do al. Torf.] Substantivo feminino.
1. Ecol. Matéria esponjosa, mais ou menos escura, constituída de restos vegetais em variados graus de decomposição, e que se forma dentro da água, em lugares pantanosos, onde é escasso o oxigênio. É muito freqüente nas regiões de temperatura mais baixa, onde procede maciçamente de musgos do gênero Sphagum. A turfa retém grande cópia de água e forma um meio ácido e pobre.
trufa
[Do fr. truffe < provenç. ant. trufa < b.-lat. tufera < lat. tufer < lat. cláss. tuber, ‘tubérculo’.] Substantivo feminino. 1. Bot. Cogumelo subterrâneo, da família das entuberáceas, que produz corpos esporíferos tuberosos, comestíveis pelo sabor e pelo aroma agradáveis. Há várias espécies, todas européias e do gênero Tuber. [Sin.:túbera.] 2. Espécie de bombom feito inteiramente de chocolate. Dicionário Aurélio


A série
No final do século XX a Terra enfrenta o problema da super-população, que se torna crítico. A solução é a colonização do espaço sideral, começando por um planeta na órbita da estrela Alfa Centauri. Considerando o alcance da tecnologia americana, ele é o único planeta capaz fornecer condições ideais para existência humana.
Em 16 de outubro de 1997, o governo americano, através do Controle Alfa, lança a moderna e poderosa nave Júpiter 2, com a primeira família selecionada e treinada para dar início à colonização: os Robinson. É composta pelo pai John (professor de astrofísica e geofísica), pela mãe Maureen (bioquímica) e pelos filhos Judy, Penny e Will. Acompanhando-os, está o Major Donald West - piloto da nave - e um robô, programado para auxiliar a família no processo de colonização. Os Robinson e Don West foram colocados em estado de animação suspensa devido à longa viagem. O piloto automático da nave foi acionado.

Elenco da série
Entretanto, ocorre um imprevisto. O psicólogo do Controle Alfa, Coronel Zachary Smith, reprograma o robô dos Robinson para destruir a espaçonave após oitos horas de seu lançamento. Smith, na verdade, trabalha para um governo inimigo. Durante a produção da série (1965/68) o mundo estava em plena Guerra Fria, e assim, foi oportuno colocar o vilão como agente de uma potência inimiga dos Estados Unidos.
Ao fazer a checagem final de seu plano maléfico, Dr. Smith acaba ficando preso na nave e segue viagem na Júpiter 2. Com o peso extra de Smith, a nave sai de seu curso indo para o meio de uma chuva de meteoros. Após se livrar dos meteoros e anular a ação destrutiva do Robô, a família Robinson resolve tentar cumprir a missão de chegar à Alfa Centauro, apesar de estarem perdidos no espaço, pelos danos ocorridos na nave. O único a não concordar com a resolução é o "clandestino teimoso" Zachary Smith, que vai passar toda a série tentando voltar à Terra, principalmente por meio de traições e covardias. (peguei este texto aqui: retrotv.uol.com.br/ )

Perdidos no Espaço -  Primeiro Episódio completo



3 comentários:

Anônimo disse...

Que bacana rever a série Perdidos no Espaço. Recordar é muito bom, valeu todo trabalho de Carlos Kurare. Parabéns pelo momento nostálgico que propiciou-me !!! S.Bacana.

Anônimo disse...

Oi Carlos Kurare,seu comentário de que "os defeitos especiais eram muitos",ficou muito engraçado. Lembro-me que quando assistia a série de Perdidos no Espaço,lá pelas tantas...,na hora do ápice da dificuldade de um dos personagens,eu ficava ansiosa e irritada com o desfecho da ação no filme. Dizia assim: -mas que droga de filme,isso é uma palhaçada,como que foi arrebentar a corda? Só mesmo nesse filme.Ficava literalmente com raiva do que acontecia durante a aventura. Meu filho de 15 anos achou muito engraçada a série que deu origem ao seriado. As roupas laminadas dos tripulantes são fabulosas e, Dr Smith dá vontade de matá-lo toda vez que apronta suas canalhices. Valeu mesmo e agradecemos pela genial série postada. S.Bacana.

ANÔNIMA FASCINADA disse...

Inesquecíveis,séries como "Perdidos no Espaço"sempre irão ser lembradas com saudades.Apesar dos filmes e séries(repetitivas) atuais,contarem com o auxílio da tecnologia digital e o realismo científico,estão longe de causar o suspense e emoção que esta série trazia ao telespectador.Parabéns pela recordação.

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...