quinta-feira, 29 de julho de 2010

Gente assim é bom ter por perto, pois são pessoas raras... São como ilhas para náufragos.

Olá!

Navegante...

Você tem um perfil muito interessante! Parece ser uma pessoa agradável, sensível e inteligente. Gente assim é bom ter por perto, pois são pessoas raras... São como ilhas para náufragos.
Então... convido-a, sem compromisso, a conhecer o meu Blog. Pretendo, dessa forma, ampliar o meu círculo de amizades. Afinal! Quem sabe por quais mares navegaremos no futuro?
Carlos Kurare

Timoneiro - Paulinho da Viola - Comp. P.Da Viola E Hermínio Bello De Carvalho


Timoneiro

( Composição Paulinho Da Viola E Hermínio Bello De Carvalho )

E quanto mais remo mais rezo
Pra nunca mais se acabar
Essa viagem que faz
O mar em torno do mar
Meu velho um dia falou
Com seu jeito de avisar:
- Olha, o mar não tem cabelos
Que a gente possa agarrar

Não sou eu quem me navega
Quem me navega é o mar
Não sou eu quem me navega
Quem me navega é o mar
É ele quem me carrega
Como nem fosse levar
É ele quem me carrega
Como nem fosse levar

Timoneiro nunca fui
Que eu não sou de velejar
O leme da minha vida
Deus é quem faz governar
E quando alguém me pergunta
Como se faz pra nadar
Explico que eu não navego
Quem me navega é o mar

Não sou eu quem me navega
Quem me navega é o mar
Não sou eu quem me navega
Quem me navega é o mar
É ele quem me carrega
Como nem fosse levar
É ele quem me carrega
Como nem fosse levar

A rede do meu destino
Parece a de um pescador
Quando retorna vazia
Vem carregada de dor
Vivo num redemoinho
Deus bem sabe o que ele faz
A onda que me carrega
Ela mesma é quem me traz

2 comentários:

o casamento de minha filha disse...

Carlos, me embalei nesta canção e naveguei no mar. E senti que a a vida é assim: a todo momento a gente pode criar.
e recriar,
e vestir-se com todas as cores
e experimentar todos os sabores
e entregar-se a todos os amores
sem preconceito nem pudor.
tentar algo novo, de novo e de novo,e quantas vezes for preciso.

Luna disse...

Carlos,

A postagem de hoje me fez voltar no tempo...não é que aquele site de relacionamento me rendeu coisas lindas?

E eu estava certa, a magia do primeiro contato não naufragou, pelo contrário, está sendo cada vez mais encantador permanecer por aqui.


"Encantada!!!

Sua obra é como aquele livro que a gente devora sem perceber, mas que no fundo não quer que termine, para que a magia de cada capítulo se torne mais densa dentro de nós.

Pois é, vou devorar cada pedacinho do seu blog, com a esperança de que, seja sempre, apenas o penúltimo capítulo.

Ah...nenhum naufrágio levará a magia deste primeiro contato, estarei sempre por aqui.

Beijos,

Luna

2/7/10 22:53"

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...