quinta-feira, 8 de julho de 2010

Quem parte e reparte e não fica com a melhor parte...


Como diz minha mãe, quem parte e reparte e não fica com a melhor parte, ou é bobo! Ou não tem arte!

Por falar em repartir, lembrei-me de como fazíamos lá em casa na hora de dividir guloseimas entre as crianças: Um divide o outro escolhe. Dessa forma a divisão jamais era questionada. Pois era, salomonicamente, justa.
Carlos Kurare

 
Traduzir-se

Uma parte de mim
é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.

Uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.

Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.

Uma parte de mim
almoça e janta:
outra parte
se espanta.

Uma parte de mim
é permanente:
outra parte
se sabe de repente.

Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem.

Traduzir uma parte
na outra parte
— que é uma questão
de vida ou morte —
será arte?

Ferreira Gullar

De Na Vertigem do Dia (1975-1980)


Adriana Calcanhotto - Traduzir-se - Clique aqui para ouvir a música

3 comentários:

ANÔNIMA FASCINADA disse...

Carlos Kurare,você mais uma vez comprova a teoria de que a inteligência,a sabedoria e a doçura são geneticamente transmitidas.Que mãe fantástica você tem!Conseguiu esculpir maravilhosamente cada traço da sua personalidade. Assim são as coisas boas da vida... O que nos dá mais prazer? Dividir o nosso melhor ou ficar com o melhor do outro?Este é o "Boom" da questão:No amor nada se perde,tudo se ganha e quem aproveita sai transformado ... Bjs

Luna disse...

Bom dia!!!

http://www.youtube.com/watch?v=RLSP_GvaErM&feature=related

Beijos

Anônimo disse...

Resta-me, apenas, agradecer ao dono do Blog por esta esplêndida postagem com a belíssima canção com a afinadíssima Adriana, A-DO-RRREEEIII, parabéns !!! Silvana Bacana,atualmente órfã do filho por duas semanas, ai que saudadesss!!!

Sou do tempo em que montar numa magrela: era só sair para pedalar!

Há três coisas que eu nunca esqueço na vida, mesmo que eu fique muito, muito tempo sem praticar: - Andar de bicicleta; - Nadar; ...