quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Dar é um ato de amor.



Cada um dá o que tem prá dar...
Eu como nada tenho pra dar... Vendo! 
E vendo parrratinho... quer commmbrar???

Carlos Kurare

Por falar em dar:

 Qualquer semelhança nas fotos abaixo é mera coincidência.
Pense que é só a natureza seguindo seu curso (refiro-me a fêmea do louva-a-deus é claro)!

The Vocal people


The Vocal People - New Video Live

7 comentários:

Luciene Figueiredo disse...

Olá Carlos!
Se puder me dar a honra de ouví-lo recitando este poema, seria-lhe grata, não eternamente... mas quem sabe, até próxima primavera! Rsrsrsrs!
Um beijo, anjo!

O Amor, Quando Se Revela


O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar pra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há-de dizer.
Fala: parece que mente…
Cala: parece esquecer…

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pra saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar…

Fernando Pessoa

Lee disse...

eu tenho muito pra dar...e vender...e também comprar...rs
Muito legal este conjunto de vozes!

Anônimo disse...

Adorei esse grupo,parabéns ao dono do Blog. Silvana Bacana.

Carlos Kurare disse...

Lee,

Vamos então...negociar!!!
:0)

Kurare

Carlos Kurare disse...

Luciene,

O farei com o maior prazer, assim que minha garganta melhorar,
assim que eu pegar de volta o meu notebook com minha filha,
pois este net tem a captação de som ruim,
assim que eu conseguir um gole de silêncio.
Em síntese: tenha paciência!
Luna, não esqueci-me do seu pedido do poema do Vinicius.
Agora na primavera vou ver se as atendo.
Se Alguém souber de um estúdio no qual eu possa gravar em paz: me avise!
Carlos Kurare

Luna disse...

Obrigada Carlos,

Aguardando aqui...você ainda se lembra da música que será utilizada na gravação?

Carlos Kurare disse...

Oi Luna,
Que pergunta? Claro que lembro Luna! Só não me lembro do que devo gravar!

:0)

Música: Claro de Luna - Beethoven
Poema: Ausência - Vinícius de Moraes
Só falta o estúdio!
Neste porcaria de netbook, não consigo gravar a música junto com minha voz, e não vou estudar o software em inglês para aprender a mixar. Tomaria muito do meu tempo e no momento tenho outras prioridades. Assim que minha filha me devolver o notebook eu faço isso ok?

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...