quarta-feira, 4 de abril de 2012

A CASA DOS MEUS QUARENTA ANOS


Casa dos vinte anos! Legal o detalhe da bicicleta, mas esse sentimento muda com o tempo.
Ele amadurecerá e amará... um carro!!!
Carlos Kurare


A CASA DOS MEUS QUARENTA ANOS - poema de José Inácio Vieira de Melo, do livro Roseiral (Escrituras Editora, 2010), recitado pelo ator Chico de Assis. Fotografias de Ricardo Prado. Ilustrações de Daniel Biléu. Sonoplastia: Gil Braga. Edição do vídeo: Vitor Nascimento Sá.

A CASA DOS MEUS QUARENTA ANOS - poema de José Inácio Vieira de Melo

Nenhum comentário:

Não se trata de α ou de Ω, mas sim de β...

Partículas de amor. A simplicidade é “tudo de bom”! Talvez por ela ser contínua e perpétua em sua continuidade.  Nós, as pessoas...