Aborto de amor


Há pessoas que têm tanto medo do amor, 
que o abortam quando ele chuta a barriga da paixão.
Carlos Kurare

Sampa - 13/7/2012 09:21
Há pessoas que têm tanto medo do nascimento do amor,
 que o abortam assim que engravidam de paixão. 
Carlos kurare
Sampa - 13/7/2012 09:15

Criei as frases acima para postar o poema do Pessoa, gostei das duas, de qual você gosta mais? Envie-me um email para eu escolher qual fica e qual vai.


"Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!"
Fernando Pessoa


LUIZ MELODIA e CASSIA ELLER - JUVENTUDE TRANSVIADA

Comentários

Sheyla disse…
Carlos, amigo,

Gostei da segunda frase. Voto nela.

Mas no dia de hoje, vou quase que parafrasear a ti..dizendo-te “há tantas pessoas com medo de buscar um verdadeiro amor, que abortam o novo para engravidar-se do NADA”.

Estou a viver isso. Mas te juro, a me repaginar .

Abraços.
Sheyla
Lina Maria disse…
Bom dia!
Nunca tive a experiência de viver ou observar quem tenha "abortado" um "amor correspondido". Mas compartilho plenamente do pensamento de Fernando Pessoa,
quando ele diz:
"Não se acostume com o que não o faz feliz..."
Isso quer dizer que um amor vivido unilateralmente é nocivo e, ao invés de ser
fonte de contentamento, passa a ser a origem de mazelas emocionais. Sendo assim,
este tipo de sentimento deve ser abortado sim!
Logo, meu querido poeta, não voto em nenhuma das duas frases, posto que na minha visão e experiência, nunca tive medo de amar.
No entanto, creio que aqueles que nutrem o tal "medo de amar", merecem mesmo abortarem tal sentimento, já que o amor é precioso demais para ser vivido por
covardes.
Abraços
Lina Maria disse…
Quer saber...Nada de abortos, mortes...
Vamos viver o amor , minha gente!
Como é bom viver um amor de verdade!
Por isso..."se achar um amor, segure-o!"
http://www.youtube.com/watch?v=kda6B8jMVbQ

'Minha Vida"
Sambô

Lua que ilumina minha vida
Paixão repentina me pegou de vez
O que você fez?
Sua é a minha vida,
Desde o momento que o teu amor entrou
No meu coração confesso que não podia imaginar,
Acordar com um beijo seu, ouvi de você bom dia ,
Fazer do seu sonho meu, sonho de cada dia,
Poder acariciar, o seu rosto com o meu,
E mais uma vez amar o presente que Deus me deu.
La Laia, La Laia, La Laia, La Laia... Oh Oh...La Laia...
Lua que ilumina minha vida
Paixão repentina me pegou de vez.
O que você fez?
Sol que aquece meu corpo, calor que me deixa louco de prazer,
De tanto querer eu amo você e como é bom te amar ,
Acordar com um beijo seu, ouvi de você bom dia,
Fazer do seu sonho meu sonho de cada dia,
Poder acariciar o seu rosto com o meu
E mais uma vez amar o presente que Deus me deu.
La Laia, La Laia, La Laia, La Laia... Oh Oh...La Laia...
Lina Maria disse…
Poeta, ontem eu estava um pouco azeda. rs
Mas hoje o sol brilhou e o dia está lindo.
Por isso, resolvi mostrar qual a minha preferência em relação ao que você escreveu.
Sem dúvida alguma, a que aparece no blog em segundo lugar é a melhor.
Abraços!
Matilha Urbana disse…
Gostei das duas, mas voto numa mistura: "Há pessoas que têm tanto medo do amor, que o abortam assim que engravidam da paixão".
Beijo,
Marta (comentando como Matilha Urbana, um blog de proteção animal - não perca seu tempo olhando, acho que não é sua praia, kkk)
Adriana disse…
Olá Carlos!
Infelizmente nenhuma das frases...
Desculpe, sou contra qualquer tipo de aborto (mas defendo o direito de optar por fazê-lo ou não).
Estou com Pessoa: "Se perder um amor, não se perca!/Se o achar, segure-o!"
Beijos!

Postagens mais visitadas