segunda-feira, 5 de maio de 2014

Por que permitimos que algumas empresas alimentícias encurtem nossa vida?!


Desenho do ilustrador chileno Oscar Ramos

Está na hora de começarmos a reclamar contra o excesso de sódio e açúcar nos alimentos!

Esta semana abri um pacote de batatas fritas que não tinha sal nas batatas, mas sim batatas no sal!!!

Estamos sendo lentamente envenenados com o excesso de açúcar e sal em alimentos industrializados. O Pior é que o alvo são as crianças e os adolescentes.

Está na hora de nos manifestarmos e exigirmos que o legislativo e o executivo tomem providências efetivas para a redução da quantidade de sal e açúcar nos produtos industrializados! Exceto, é claro, na carne seca, no bacalhau e na rapadura!


Carlos Kurare


Redução na Ingestão de Sal/Sódio


"O sal (cloreto de sódio — NaCl) há muito tempo tem sido considerado importante fator no desenvolvimento e na intensidade da hipertensão arterial. Hoje em dia, a literatura mundial é praticamente unânime em considerar a forte correlação entre a ingestão excessiva de sal e a elevação da pressão arterial. No âmbito populacional, a ingestão de sal parece ser um dos fatores envolvidos no aumento progressivo da pressão arterial que acontece com o envelhecimento. A hipertensão arterial é observada primariamente em comunidades com ingestão de sal superior a 100 mEq/dia. Por outro lado, a hipertensão arterial é rara em populações cuja ingestão de sal é inferior a 50 mEq/dia. Essa constatação parece ser independente de outros fatores de risco para hipertensão arterial, tais como obesidade e alcoolismo.
Além da redução da pressão arterial, alguns estudos demonstraram também benefícios da restrição salina na redução da mortalidade por acidente vascular encefálico e na regressão da hipertrofia ventricular esquerda. A restrição salina pode ainda reduzir a excreção urinária de cálcio, contribuindo para a prevenção da osteoporose em idosos.
Dessa forma, a restrição de sal na dieta é uma medida recomendada não apenas para hipertensos, mas para a população de modo geral. Tal orientação deve objetivar ingestão em torno de 100 mEq/dia (6 g de sal = 1 colher de chá). Do ponto de vista prático, deve-se evitar a ingestão de alimentos processados industrialmente, tais como enlatados, conservas, embutidos e defumados. Deve-se ainda orientar os pacientes a utilizar o mínimo de sal no preparo dos alimentos, além de evitar o uso de saleiro à mesa, durante as refeições"
 Fonte e mais detalhes aqui: http://departamentos.cardiol.br/dha/consenso3/tratamento.asp



Reação de macacos ao receberem recompensas desiguais

2 comentários:

Isabel Carvalho disse...

Bárbaro!!...rs... "....Exceto, é claro, na carne seca, no bacalhau e na rapadura!"

Anônimo disse...

Ótima dica, bom seria umas receitas de sucos emagrecedores , sopas , dietas etc.

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...