quinta-feira, 29 de abril de 2010

Comentários


Cara Silvana Bacana...

Infelizmente não tenho como atender o seu pedido no momento.Um aprofundamento na história foge da característica do Blog. A idéia aqui é só despertar a gula, a vontade de saber mais, o Blog é apenas um aperitivo!
Meu Blog é um hobby. É um diário. Registro que ficará para os filhos, netos, pessoas amadas, amigos e inimigos inteligentes... não... não tenho inimigos burros ou pelo menos espero que não leiam o meu blog, :o)
Todos temos um legado... que deixaremos para a posteridade, ou seja: pó!
Eu deixo aqui o pó de minhas palavras, minhas idéias, meus gostos musicais, cinematográficos, literários, fotográficos, artísticos.
O Blog é para que alguém como eu e você. Alguém que partilhe dele com a mesma afeição e cuidado, com que eu o crio. Por isso não tenho paciência com os medíocres que me atacam com comentários obtusos querendo me ensinar como fazer o meu Blog ou tratar o ser humano.
Já li duas vezes como fazer amigos e influenciar pessoas, do Dale Carnegie*. E recomendo o livro. Mas não recomendo a hipocrisia de fazer amigos apenas por interesses de ego, interesses financeiros ou etc. e tal. Não sou um homem de muitos amigos. Não sou de fácil convívio, pois sou quase tão exigente com meus amigos como o sou comigo. Fico feliz ao saber que você gostaria de mais informação, mas eu tenho limitações. Uma delas é que ainda não domino certas ferramentas do Blog, e ele também tem certas limitações, talvez um dia eu monte um site e possa superar tais limitações. Mas no momento esse é o melhor que posso oferecer. E acredite... minhas dificuldades são inúmeras. Tenho artrite que me ataca as mãos, digitar é um processo penoso. Então é isso. Agradeço os seus comentários e o das outras pessoas que os fazem! Ah! Parei de postar comentários de gente obtusa. Essas que babam veneno de dragão de Komodo. Sou venenoso, mas não mordo, só o destilo em minhas palavras, quando necessário. Mas tem uma gente que gosta de reclamar. E roubar o tempo dos que produzem.
O combustível deste Blog são os comentários dos leitores! Essa interatividade me apraz. As críticas inteligentes e estimulantes são bem-vindas! Comentários como os seus são um colírio para estes olhos cansados pelo marasmo dos dias.
Obrigado!

Carlos Kurare




Post scriptum:
 Caso conheça alguém que esteja passando por dificuldades? Recomendo o livro “Como evitar preocupações e começar a viver” do próprio Dale Carnegie. É um tremendo canivete suíço.Foi-me muito útil quando tive que conviver com dores extremas, lancinantes, fustigantes, aloprantes, monstruosas, insanas demoníacas e muitos outros adjetivos que aprendi ao longo da vida sobre dor. Pois tenho grande intimidade com a Maldita!
Cito aqui algumas frases que anotei no livro. Tenho o péssimo vício de rabiscar meus livros, faço isso com lápis, com caneta e, cá entre nós, é um excelente hábito! ;o)

Carlos Kurare


Frases:

“”* Dale Carnegie (24 de novembro de 1888 - 1 de novembro de 1955) escritor norte-americano.
Dale Carnegie nasceu em 1888 no Missouri - Estados Unidos. Sua infância foi vivida num pequeno vilarejo em Maryville. Dale pertencia a uma família extremante humilde e embora trabalhasse duramente com seus pais em uma pequena fazenda o seu maior interesse era nos estudos. Formou-se na faculdade estadual de Warrensburg. Foi vendedor e aspirante a ator. Apesar de seu perfil modesto tornou-se famoso por sua ênfase na melhoria do ser humano. Carnegie foi um pioneiro e disseminou seus pensamentos mostrando como é possível transformar pessoas. Carnegie morreu em 1955 com 67 anos de idade da doença de Hodgkin’s (uma forma de câncer que se origina nos gânglios do sistema linfático). Entretanto a sua fama não morreu com ele, o seu livro, “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas” é, ainda hoje, um dos livros mais lidos em todo o mundo e a empresa que Carnegie fundou, a Dale Carnegie Training é hoje uma organização multinacional que se tornou líder mundial em treinamentos empresariais.” Wikipedia Português - A enciclopédia livre




E por falar em comentários...

Comentários a respeito de John - Belchior

4 comentários:

Anônimo disse...

Caríssimo Carlos Kurare, obrigada pela explicação e, esteja certo que a sugestão não foi como uma crítica, OK ? FLORES, ah, essa lilazinha que você postou,conheço-a muito bem,delicada,lindíssima,obra da natureza maravilhosa,colírio para pessoas que SABEM apreciar coisas simples!!! DOR, imagino o que seja conviver com ela,todos os dias,com a mesma intensidade e, às vezes piora muito,não há nada que passe... . É de enlouquecer, fazer chorar,não conseguir dormir,ficar fragilizado,emotivo,estressado,deprimido. É assim que acontece, não é?!? S.Bacana

Isabel_Alvarenga disse...

Carlos, li seu desabafo...Não entendi bem... Não sei o que aconteceu... Mas, beleza! Estou visitando seu blog há pouco tempo mas penso como você: esse é um espaço para aqueles que se identificam com a sua maneira de pensar. Eu percebo você muito dedicado naquilo que faz... Acho bem interessante seus temas e sinto que você busca diversificar os conteúdos... Resumindo: gosto do que leio aqui...
Uma frase: "Você é do tamanho dos seus sonhos!" (e... pelo que percebo, seus sonhos não são pequenos.!!!!....portanto...!!!!) bjsss

Isabel_Alvarenga disse...

Em tempo: Adoro Belchior....

Anônimo disse...

Querido Carlos,
Li tb o livro´COMO EVITAR PREOCUPAÇÕES E COMEÇAR A VIVER´ Dale Carnegie, muito me ajudou.
Parabéns, você está cada dia melhor!
Leila Bragança

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...