sábado, 5 de junho de 2010

Filme: Jejum de Amor - His Girl Friday - Cary Grant e Rosalind Russell

Cary Grant e Rosalind Russell


Filmes escolhidos a dedo, e da melhor qualidade, você vê aqui na Sessão Pipoca do Kurare. (dentro da possibilidade de exibição é claro),
Espero que você divirta-se com está deliciosa comédia, se gostar poste um comentário para esta criatura benevolente que gasta seu tempo procurando estas preciosidades para você: o Kurare!
Saiba que, todos os filmes que posto aqui, eu os tenho no meu acervo particular. Futuramente, quando tiver tempo, paciência e algum toque de bondade divina, eu verei como fazer para disponibilizá-los no Google vídeos.
Ou não!
Respeitando é claro os direitos autorais. Este trabalhão não seria necessário, se você pudesse encontrá-los em uma locadora ou se passassem na televisão, como antigamente. Os filmes atuais são bonitos, tem uma estética, uma fotografia um visual fantástico, mas... falta roteiro, falta falas!

Enfim filme modernos são como sanduíches de fast-food, enchem a vista mas não saciam o bucho!
Um bom sábado pra você e espero que tenha a felicidade de ter uma companhia para assistir o filme. 
Eu como no momento não tenho... vou deixar pra próxima.
Carlos Kurare


Sinopse:
Jejum de Amor, considerada uma das grandes comédias da história do cinema, estreou em 18 de janeiro de 1940. Baseado em A Primeira Página, comédia teatral de Bem Hecht e Charles McArthur, roteiristas entre outros filmes de O Morro dos Ventos Uivantes (1939), foi adaptada para o cinema por Lewis Mileston em 1931 (The Front Page) e por Billy Wilder em 1974 (A Primeira Página). Jejum de Amor apresenta uma significativa mudança no roteiro original pela inclusão de uma personagem feminina na trama, Cary Grant é o diretor do jornal que se defronta com uma jornalista, Rosalind Russel, numa das melhores interpretações de sua carreira, numa visão ácida e própria das relações profissionais e amorosas



Ficha Técnica:
Título no Brasil: Jejum de Amor
Título Original: His Girl Friday
País de Origem: EUA
Gênero: Comédia
Tempo de Duração: 92 minutos
Ano de Lançamento: 1940
Estúdio/Distrib.: Columbia Home Video
Direção: Howard Hawks






Elenco:
Cary Grant .... Walter Burns
Rosalind Russell .... Hildegaard 'Hildy' Johnson
Ralph Bellamy .... Bruce Baldwin
Gene Lockhart .... Sheriff Peter B. 'Pinky' Hartwell
Porter Hall .... Murphy, reporter
Ernest Truex .... Roy V. Bensinger, Tribune reporter
Cliff Edwards .... Endicott, reporter
Clarence Kolb .... Fred, the Mayor
Roscoe Karns .... McCue, reporter
Frank Jenks .... Wilson, reporter
Regis Toomey .... Sanders, reporter
Abner Biberman .... Louis, small-time hood
Frank Orth .... Duffy, Morning Post copy editor
Helen Mack .... Molly Malloy
John Qualen .... Earl Williams



Sinopse completa, e bem elaborada, você vê aqui

Clique no logo do youtube na quina à direita da tela, ao invés de clicar no botão player.
Mude para opção que permite ver a legenda para espanhol, há também a opção da legenda em Pt, mas, não recomendo. (Passe o mouse sobr CC, botão vermelho).
Procure ver em 480p, ou resolução melhor que a sua banda permita. Veja em tela cheia. Dúvidas? Vá perguntar ao seu vizinho ou as faça nos comentários. Não tenha vergonha de ter dúvidas, eu também as tenho! De onde vim , o que sou, para onde vou... 

Jejum de Amor - His Girl Friday (with description and closed captions)

5 comentários:

ANÔNIMA FASCINADA disse...

Puxa Kurare ,você é maravilhoso...E não entendo como alguém tão paciente e tão benevolente como você está tão amargo assim...Nós aqui do outro lado te adoramos,procuramos demonstrar isto com nossos comentários carinhosos...O que está faltando a gente falar(ou melhor escrever)para que fique feliz?Será que não basta ser o máximo, completo, inteligente, sensível, interessante, criativo, provocante... E se não bastasse tudo isto, ainda estudou sobre a vida sexual dos insetos!Deus, como se agrada este homem?Agora sério, eu adorei a sua escolha, fiquei assistindo até o final, pois amo musicais antigos.É uma pena que não passem mais na TV e até nas locadoras fica muito difícil encontrá-los.Bjs,Parabéns!

Carlos Kurare disse...

Para mim não é difil pois tenho centenas de filmes antigos de altíssima qualidade. Pense num filme muito bom e marcante na sua vida? Tenhooooooo! Duvida? Fale aqui o nome e veremos se, o tenho ou não!

Anônimo disse...

Bom dia Carlos,como vc está?
Agora sao 3 da matina, aquele frio, e estou aqui com muito prazer lendo suas palavras no seu BLOG .....até perdi o sono!
Esse assunto me lembra que..

É cada vez mais comum ver uma amiga que namora dizer para a solteira: “Você está sem ninguém porque é muito exigente”.
Será que esse é mesmo o único inimigo do cupido e, se for, quais os motivos para tanto rigor no setor da paixão? Segundo a psicóloga Neiva Bohnenberger, o que torna as mulheres cada vez mais criteriosas no amor é o aumento do conhecimento de sua autossuficiência.
“Elas aprenderam a buscar a gratificação em coisas que não dependem dos homens e, principalmente, aprenderam a tirar prazer do seu trabalho.
A solidão não humilha mais”, diz Neiva.




Estou separada há 6 anos e não penso em me casar de novo tão cedo: “Eu cheguei a um estágio de ‘iluminação’ tão grande que o mesmo prazer ao sair com um namorado sinto ao jantar com minhas amigas ou ao assistir a um bom filme em casa com minha gatinha.
Antes, os homens eram o centro do meu universo, e eu só me dei mal com isso; agora eles são um dos planetas, em mesmo grau de importância de minhas amigas, meu trabalho, minha vida cultural. Portanto, se existe uma exigência, é no sentido de encontrar um homem que evolua junto comigo. Um que atrapalhe essa evolução eu não quero, não, obrigada”.



A escritora Stella Florence, 46 anos, que acaba de lançar o livro “32 – anos, homens, tatuagens” (Editora Rocco), com experiências baseadas num site de relacionamento, concorda no sentido de concluir que os homens estão bem mais simples do que as mulheres. “Acho que eles se contentam com bem menos do que nós. Para eles, se a mulher for atenciosa, gostar de transar e não ficar cobrando coisas o tempo inteiro, já está ótimo. Já as mulheres estão sempre procurando mais, são mais complexas, querem se melhorar e melhorar tudo, inclusive seus desejos. Aí começa o desencontro”, afirma.

Relacionamentos descartáveis

Para o mestre em psicologia pela USP (Universidade de São Paulo), André Camargo Costa, o maior problema do desencontro nas relações não é a exigência, e sim a era dos amores líquidos. Seu pensamento vai ao encontro ao do sociólogo polonês Zygmunt Bauman, expert neste assunto e autor do livro “Amor Líquido” (Editora Jorge Zahar), que acredita que os relacionamentos se tornaram cada vez mais descartáveis. Segundo sua teoria, a disponibilidade, de modo geral, para negociar os impulsos, investir em projetos de longo prazo e tolerar os pré-requisitos que garantiriam um relacionamento duradouro estão cada vez mais em extinção, e as pessoas acabam se machucando mais, preferindo não arriscar novas empreitadas no amor.

O assunto é COMPLEXO!! Precisamos pensar muito nisso! Dar-nos chances..
So sei que sozinha nao vou ficar!!

mil beijos

MAURA

Anônimo disse...

A FILHA DE RYAN você tem????
Se passa na Irlanda, ano 1916...
Produção inglesa, fotografia maravilhosa,ano 1970, não existe em vídeo (pelo menos aqui no Brasil)Os motivos do não lançamento? Talvez vc que ama filmes, consiga me explicar.

Maria Cereja

Carlos Kurare disse...

Oi Maria Cereja!
Tenho o filme, A vida de Ryan, sim. Mas não posso postá-lo por causa da questão dos direitos autorais. Há filmes que a indústria sequer converteu de Vhs para dvd , e não acredito que passe para blue-ray. Questões econômicas. Etc. e tal. Material de qualidade refinada não tem muitos fãs logo não gera muitos ganhos logo fica empoeirando em algum lugar, como a arca da aliança no maravilhoso filme: Os caçadores da arca perdida.
Só posso postar filmes que já entraram em domínio público. O resto só vendo com os amigos.
Sabe poderíamos fazer o seguinte: juntar um pessoal e nos reunirmos num final de semana para assistirmos um filme. Alguém entra com o datashow, outro com a pipoca, outro com o refrigerante, suco ou absinto, outro com o local, eu entro com os filmes! Bebo Schweppes! ;o)
Dá para pra fazer em Sampa.
Pretendo futuramente criar um fórum para discussões e trocas de idéias dos leitores do Blog. Mas...Isso demanda tempo e pesquisa, portanto fica mais pra frente.
Isso só será possível caso o número de visitantes cresça! Portanto. Caros leitores e leitoras: divulgue o blog, para outras pessoas com a mesma sensibilidade e inteligência que a sua! Afinal, pessoas sem sensibilidade, inteligência, bom gosto e refinamento como a sua: NÃO VÃO GOSTAR DO BLOG!
No final deste mês estarei recuperado totalmente da cirurgia, e provavelmente o meu tempo vai ficar mais estreito para dedicar-me ao blog. Pois pelo jeito vou ficar mesmo é em São Paulo. E tenho que encontrar um trabalho por cá. Se o número de visitas continuar pequeno como está, provavelmente seguirei outros rumos. O blog toma muito tempo para a confecção já que faço tudo sozinho. No segundo semestre vou dedicar-me ao texto da stand-up comedy. E ao trabalho de locução ou cerimonial, o que aparecer primeiro. É isso.
Carlos Kurare

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...