quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Quantos e quantos políticos não se corromperam com o Poder?


"Aprendi que para lavar minha bunda, preciso tanto da minha mão direita, quanto da minha mão esquerda, e aprendi também que, ambas se sujam nesse processo."
Carlos Kurare

Uma amiga me chamou a atenção a respeito de minha frase e disse-me ser possível lavar a bunda com apenas uma mão. Bem talvez ela o consiga, pois ela não tem... um bundão... como eu seja!

Quantos e quantos políticos não se corromperam com o Poder? Com o poder que tem a bunda!

Carlos Kurare

O poder que a bunda tem - Castanha e Caju

9 comentários:

Luna disse...

Hummm, profundo esse papo sobre bunda, então vamos filosofar!

Talvez sua amiga não tenha sido muito clara sobre este tema...mas pede que ela explica, ou não! Rsss

Bjsss

Carlos Kurare disse...

Oi Luna
No momento ela esta em uma expedição no Congo, para estudar as vicissitudes nas relações interpessoais dos gorilas das montanhas.
Na volta dela eu pergunto, ou seja, em 2012.
:0)

Anônimo disse...

Pois é...o Hino Nacional o povo nao sabe cantar, mas aposto que o "melô da bundâ" cantam direitinho. De onde tiraste essa coisa horrorosa? risos
Beijos
Neca (esqueci de identificar no anterior).

Luna disse...

Ah...que pena! Cê sabe que até eu fiquei curiosa prá saber o desfecho deste papo cabeça?

Mas tudo bem, sua amiga pode ir prá onde ela quiser, você ficando por aqui tá tudo certo.

Gosto muito de você e do seu Blog também!

Beijo!

Lee disse...

minha sogra diz: uma mão lava a outra... e as duas lavam a bunda!...

Carlos Kurare disse...

Oi Lee
Em política, creio que chamariam isso de higienização solidária.

Carlos Kurare disse...

Oi Neca
O melo da Bunda, faz parte das músicas que forjaram o meu caráter. São relíquias que guardo comigo. Quando digo que sou eclético não estou brincando não, menina!

Carlos Kurare disse...

Luna
Eu que agradeço os seus e todos os comentários que aqui leio. É para mim muito prazeroso fazê-lo. Confesso que são a graxa e a graça que lustram a vaidade do meu ego.

Meu carinhoso obrigado a vocês, pela gentileza de postarem comentários no meu Blog!

Anônimo disse...

Realmente ser eclético é isso mesmo que temos que ler por aqui,toda a realidade sobre nossa maravilhosa fábrica de fazer cocô,ou seja,a bunda.Notem que a música foi rimadinha do começo ao fim dos 6:16 min,cantei junto,foi gostoso e divertido,meu filho escutou a música e veio ver cheio de curiosidade,rsrsrs... . É isso aí Carlos Kurare!!! Silvana Bacana.

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...