terça-feira, 5 de julho de 2011

Bolhinhas de sabão...

Tenra filosofia...

Teve uma época que eu não me preocupava com nada. Não me lembro bem da data, pois nessa época eu não datava.
Sei que era pobrezinho, não tinha acesso a tv(Por Tutatis, como era bom não ter TV, éramos obrigados a pensar, a criar!), mas tínhamos muita mamona espalhada pelos baldios terrenos baldios. Nós cortávamos seus caules para fazer canudinho de bolhinha de sabão. Você sabe “né”? Uma velha caneca e sabão, nessa época não tinha máquina de lavar lá em casa, muito menos sabão em pó. O sabão era em barra parecia um tijolo... na cor e no gosto! rsrs

Tenho falado com tanta gente chata, você sabe do que estou a falar? Temos que ouvir tantas bobagens ao longo do dia. Ninguém mais quer brincar. Todos querem ser sérios. Eu por mim só quero dignidade. Daquelas que não nos deixam roubar o lanche do coleguinha quando ele está distraído, apesar de nossa fome ser grande. Daquelas de dividir o doce quando podemos escondê-lo ou de ocultá-lo quando há muitas bocas e pouco doce.

E para os que querem me passar sermão.
Eu não ajo com indiferença não!
E aos muitos hipocritas de plantão,
Lhes digo: Ah! Vão  soprar sabão!

As rimas são pobres, mas o poeta... esse é mísero!

?:0)

Carlos Kurare ( um escritor para quem sabe ler nas entrelinhas)

Trio Esperança - Bolinha de sabão


E por falar em bolha ou bola de sabão, você lembra do Bolinha e da luluzinha? Não? Ah! Vá perguntar à sua mãe ou a sua avó!

Festa do Bolinha - Trio Esperança


Luluzinha - O Ventríloco


Carlos Kurare ( um escritor para quem sabe ler nas entrelinhas)

Perdoe-me, mas vou viajar na maionese.

Aceita um café? Afinal você sabe que "eu aceito até café frio, desde que a companhia seja quente! (Carlos Kurare)

Café Seleto - Depois de um sono bom

2 comentários:

Luna disse...

Que meigo o post de hoje...só você mesmo Carlos!!!

Silvana Bacana disse...

Adorei seu versinho Carlos.Relembrar da Luluzinha e do Bolinha foi show,minha infância era repleta de gibis dos dois. Recordar é viver,definitivamente!!!

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...