domingo, 9 de janeiro de 2011

Comentário sobre a sessão de cinema da TRIBO...


Regina,

O cinema da TRIBO pra mim foi maravilhoso! Como sorri e gargalhei?! Conheci gente nova... extremamente agradável! Rê... Minha amiga...Um carinhoso abraço pra você por nos proporcionar uma recepção tão agradável, nos presenteando com um lugar aconchegante, e um sorriso que é só seu de cativante!
Agradeço a todos os participantes e principalmente aos loucos como nós que mantiveram um papo agradabilíssimo até as 3:00h da manhã! Gente eu me pergunto: Onde arranjamos tanto assunto???
Um beijo as meninas e aos meninos que compareceram. Rê que interessante...você reparou que o número de homens empatou com o de mulheres presentes?! Meninos! vamos perder a vergonha! Vamos nos expor mais! Participem dos comentários, comentem também! Lembrem-se: O Blog não é feminino ele é de meninas e meninos!
Ser sensível, culto e perspicaz.
São valores! Temos que nos expor mais!
Vamos! Vê! Acorda meu rapaz!
Solte sua voz! E sobre todos os umbrais,
em antítese ao corvo. Grite: quero mais!
Quero Mais!

Veja minha postagem sobre o Corvo de E. A. Poe aqui: http://carloskurare.blogspot.com/2010/05/mulheres-sao-otimas-juizas.html


O meu muito obrigado aos novos amigos que fizeram pipocar sorrisos nestes meus lábios e aquentaram este coração que estava “Icebergado" em águas glaciais!
Um beijo aos novos amigos e que venham outros tantos iguais!
Pois nós estamos a semear... para sempre colher muitos mais!


Intuição - Oswaldo Montenegro - Composição: Ulysses Guimarães


Intuição
Oswaldo Montenegro
Composição: Ulysses Guimarães

Canto uma canção bonita,
Falando da vida, em 'Ré maior'.
Canto uma canção daquela
De filosofia,
Do mundo bem melhor.



Canto uma canção que agüente
Essa paulada, e a gente
Bate o pé no chão.
Canto uma canção daquela
Pula da janela
Bate o pé no chão.

Sem o compromisso estreito
De falar perfeito,
Coerente ou não.
Sem o verso estilizado,
O verso emocionado
Bate o pé no chão...

Canto uma canção bonita
Falando da vida, em 'Ré maior'.
Canto uma canção daquelas
De filosofia,
E mundo bem melhor

Canta uma canção que agüente
Essa paulada, e a gente
Bate o pé no chão.
Canto uma canção daquela
Pula da janela
Bate o pé no chão.

Sem o compromisso estreito
De falar perfeito,
Coerente ou não.
Sem o verso estilizado,
O verso emocionado
Bate o pé no chão...

Canto o que não silencia
É onde principia a intuição
E nasce uma canção rimada
Da voz arrancada
Ao nosso coração

Como, sem licença, o sol
Rompe a barra da noite
Sem pedir perdão!
Hoje quem não cantaria
Grita a poesia
E bate o pé no chão!

E hoje quem não cantaria
Grita a poesia
E bate o pé no chão!

Sem o compromisso estreito
De falar perfeito,
Bate o pé no chão
Sem o verso estilizado,
O verso emocionado
Bate o pé no chão...

Canto uma canção bonita
Falando da vida, em 'Ré maior'.
Canto uma canção daquela
De filosofia,
Do mundo bem melhor.

Canto uma canção que agüente
Essa paulada, e a gente
Bate o pé no chão.
E hoje quem não cantaria
Grita a poesia.
Bate o pé no chão...

6 comentários:

Lee disse...

Fico feliz com a felicidade de vocês! Espero que o "cinema da tribo" tenha vida longa!

Carlos Kurare disse...

Lee,
Ele terá vida longa sem dúvida, sentimos falta de você e da Lilica!
Espero que no próximo não tenha chuva para impedir a viagem de vocês! Vocês precisam vir morar em São Paulo Menina! Esse ar puro vai acabar por lhes fazer mal. Venham respirar nossa poluição cultural! Ou não!
:0)

Carlos Kurare

Sheyla disse...

AO MESTRE COM CARINHO...

Meu querido 'mestre' KURARE..você é para mim UM EXEMPLO de protagonismo, um EXEMPLO de luta, um EXEMPLO de resiliência...AMEI a ideia da super sessão Pipoca...Espero em breve assistir uma sessão especial com vocês..pois faço parte da tribo.

Meu querido 'mestre'..tenho algo sério a te dizer: AS BOAS SURPRESAS AGRADAM O ESPÍRITO. Decifra esta mensagem por estes dias..depois me contas.

Beijo..da mana..
Sheyla (*estou em reclusão por conta de 16 bancas de monografia, avisa a Norma..rs.)

christina disse...

Carlos,

Foi uma satisfação imensa participar da Sessão da Tribo! Um momento raro para conhecer pessoas sensíveis que tem muito a compartilhar e principalmente cultivar uma energia extremamente positiva regada por muito senso de humor!O que é bom dura muitoooooo!

Carlos Kurare disse...

Sheyla,

Menina... Você trabalhae hein?! Tentarei decifrar o enigma da pirâmide!

Um beijo!

Carlos Kurare

Carlos Kurare disse...

Christina,

Sua presença e a do Paulo abrilhantaram à noite, e a madrugada. Vocês são pessoas encantadoras! Vemos-nos novamente na próxima sessão, diga ao Paulo que a idéia dele foi genial e plenamente aceita! Teremos, portanto muitas comédias nas próximas sessões de cinema da TRIBO! Sejam bem vindos à TRIBO!


Carlos Kurare

Muito além de um jardim!

Flor cuidada por mim Flor Amorosa Num belo dia desejei só para mim Mulher amorosa e decente E como jardineiro diligente Semeei a...